Whatsapp
   jaimebnu@terra.com.br
  • Diversos

Você está em dívida com a FAEMA de Blumenau? Veja como pagar como o Renovar Faema, sem a cobrança de juros.

Os contribuintes que estão com débitos tributários junto à Fundação Municipal do Meio Ambiente (Faema) devem aproveitar o Renovar Faema 2017 para quitar as dívidas sem a cobrança de juros. O programa de recuperação fiscal da fundação permite ainda a remissão de 50% do valor da multa. O atendimento está sendo feito na Diretoria de Apoio Administrativo da Faema, na Rua XV de Novembro, 1.505, no Centro, ao lado da Relojoaria e Ótica Universal. O pagamento é feito por meio de guias junto às agências bancárias do município com prazo de 30 dias após a solicitação. Caso o débito não seja quitado neste período, o contribuinte poderá solicitar novamente a emissão de outra guia para ser beneficiado com um prazo de mais 30 dias. A Faema reforça também que podem ser quitados os débitos que estão em processo de execução fiscal no município, incluindo as multas que estão em fase de sofrer execução. O programa vai ficar ativo no município até o dia 30 de novembro deste ano. Entenda o Renovar Faema 2017 Programa de recuperação fiscal da Faema que permite a quitação dos débitos com a isenção dos juros, além da remissão de 50% do valor original da dívida. Período de funcionamento: de 1º de setembro até 30 de novembro de 2017. Quem pode aderir: todos os contribuintes (pessoas físicas e jurídicas) com débitos junto à Faema. Formas de quitação: pela emissão de guias solicitadas na Diretoria de Apoio Administrativo da Faema, na Rua XV de Novembro, 1.505, no Centro. Débitos e tributos que podem ser pagos pelo Renovar Faema 2017: multas geradas até a data de 30 de julho deste ano; Débitos inscritos ou não na dívida ativa; Em processo de execução fiscal, incluindo as multas que estão em fase de sofrer execução; Dívidas decorrentes de obrigação própria, sejam elas resultantes de responsabilidade tributária ou não.

Publicado em 18/09/2017 às 10:47


Você está em dívida com a FAEMA de Blumenau? Veja como pagar como o Renovar Faema, sem a cobrança de juros.

Débitos tributários da Faema podem ser quitados com o Renovar Faema.
As guias para o pagamento das dívidas podem ser solicitadas junto à Faema.

Os contribuintes que estão com débitos tributários junto à Fundação Municipal do Meio Ambiente (Faema) devem aproveitar o Renovar Faema 2017 para quitar as dívidas sem a cobrança de juros. O programa de recuperação fiscal da fundação permite ainda a remissão de 50% do valor da multa. O atendimento está sendo feito na Diretoria de Apoio Administrativo da Faema, na Rua XV de Novembro, 1.505, no Centro, ao lado da Relojoaria e Ótica Universal.

O pagamento é feito por meio de guias junto às agências bancárias do município com prazo de 30 dias após a solicitação. Caso o débito não seja quitado neste período, o contribuinte poderá solicitar novamente a emissão de outra guia para ser beneficiado com um prazo de mais 30 dias. A Faema reforça também que podem ser quitados os débitos que estão em processo de execução fiscal no município, incluindo as multas que estão em fase de sofrer execução. O programa vai ficar ativo no município até o dia 30 de novembro deste ano.

Entenda o Renovar Faema 2017

  • Programa de recuperação fiscal da Faema que permite a quitação dos débitos com a isenção dos juros, além da remissão de 50% do valor original da dívida.
  • Período de funcionamento: de 1º de setembro até 30 de novembro de 2017.
  • Quem pode aderir: todos os contribuintes (pessoas físicas e jurídicas) com débitos junto à Faema.
  • Formas de quitação: pela emissão de guias solicitadas na Diretoria de Apoio Administrativo da Faema, na Rua XV de Novembro, 1.505, no Centro.
  • Débitos e tributos que podem ser pagos pelo Renovar Faema 2017: multas geradas até a data de 30 de julho deste ano; Débitos inscritos ou não na dívida ativa; Em processo de execução fiscal, incluindo as multas que estão em fase de sofrer execução; Dívidas decorrentes de obrigação própria, sejam elas resultantes de responsabilidade tributária ou não.

Assessor de Comunicação: Joni César