Whatsapp
   jaimebnu@terra.com.br
  • Diversos

TIAGO BRENDLE RENOVA COM A APAN/ELEVA PARA MAIS UMA TEMPORADA

Líbero fechou a Superliga 2021-22 como o segundo melhor na recepção Agora é oficial! O líbero Tiago Brendle renovou seu contrato e segue na APAN/Eleva na temporada 2022-23. O atleta fechou a última Superliga como o segundo melhor no fundamento recepção. Alcançou 71% de positividade, com 331 recepções perfeitas e recepções nas 467 vezes na quais foi acionado. Ele […]

Publicado em 12/05/2022 às 04:15


Líbero fechou a Superliga 2021-22 como o segundo melhor na recepção

Agora é oficial! O líbero Tiago Brendle renovou seu contrato e segue na APAN/Eleva na temporada 2022-23. O atleta fechou a última Superliga como o segundo melhor no fundamento recepção. Alcançou 71% de positividade, com 331 recepções perfeitas e recepções nas 467 vezes na quais foi acionado. Ele atuou em todos os 25 confrontos disputados pelos comandados de André Donegá e foi um dos grandes líderes do time na campanha histórica que rendeu a quinta colocação na competição.

Será sua segunda temporada na APAN/Eleva, onde retornou após quase 20 anos de ausência. Tiago atuou nas categorias de base da Escola Barão, entre 2002 e 2003. Aos 36 anos e 1,89 metros de altura, o líbero é um dos melhores do país na posição e quase sempre tem seu nome lembrado para voltar a vestir a camisa da Seleção Brasileira.

Ao comentar sobre sua renovação, Tiago não escondeu sua alegria e motivação em poder novamente vestir a camisa da APAN/Eleva.

Conheça um pouco mais o Tiago

Tiago nasceu na cidade de Condor (RS), mas iniciou sua carreira em Panambi. Começou a praticar vôlei na escola, com apenas 13 anos. Em 1998, após um campeonato em Lajeado, foi convidado para estudar e defender a equipe de uma escola na cidade de Brusque. Posteriormente, veio integrar as categorias de base da Escola Barão.

A partir de meados do ano 2000, foi evoluindo. Seu desempenho lhe rendeu a primeira convocação para Seleção Brasileira, na categoria infanto-juvenil, em 2002. Foi quando deixou de jogar na posição de ponta, devido a estatura. Já demonstrava um bom rendimento na defesa e habilidade no passe. Com isso, o técnico Percy Oncken o remanejou para exercer a função de líbero.

Ainda em 2002, em sua primeira convocação para as categorias de base da Seleção Brasileira, disputando conquistando o título do Campeonato Sul-Americano Infanto-Juvenil, sediado em Santiago-Chile. Foi prata no Mundial Juvenil de 2005 em Visakhapatnam (Índia).

Dentre tantas convocações para seleções de base e adulta, outro destaque foi a participação no evento teste para Olimpíada de Londres de 2012, conquistando o vice-campeonato.

Fotos: Raphael Guilherme Moser @mussehc | Assessoria de Imprensa da APAN/Eleva | Informe Comunicação