Whatsapp
   jaimebnu@terra.com.br
  • Diversos

Sesc abre vagas gratuitas para aulas de gaita em Blumenau.

Incrições abertas meus amigos !! O projeto atende crianças e adolescentes, de 7 a 15 anos, que aprendem a tocar o instrumento que projetou Renato Borghetti para o Brasil e exterior. Para se candidatar no processo seletivo de ingresso ao Programa de Comprometimento e Gratuidade (PCG), o responsável legal precisa comprovar renda familiar bruta de até três salários mínimos, ou seja, R$ 2.862,00 e é necessário que o aluno atenda aos seguintes requisitos básicos: ser preferencialmente dependente de comerciário; estar matriculado ou ser egresso da educação básica da rede pública de ensino. As aulas são gratuitas e individuais e acontecem uma vez por semana, sendo que os alunos utilizam os instrumentos cedidos pelo projeto de Borghetti, confeccionadas com madeira certificada de eucalipto, proveniente de plantios renováveis. O Edital 001/2018, disponível no site do Sesc/SC (www.sesc-sc.com.br), disponibiliza 36 vagas de bolsas para o projeto em Lages, já o Edital 003/2018, disponibiliza 35 vagas de bolsas para Blumenau. As inscrições podem ser feitas pelos pais ou responsáveis, no espaço Relacionamento com Clientes do Sesc em Blumenau (Rua Dr. Amadeu da Luz, 165 – Centro), sempre do dia 1º a 10 de cada mês, das 08h às 20h. Mais informações podem ser consultadas pelo telefone 0800 645 5454. Foto divulgação.

Publicado em 19/02/2018 às 10:24


Sesc abre vagas gratuitas para aulas de gaita em Blumenau.

Incrições abertas meus amigos !! Acessem o site Sesc e leiam o edital para inscrever seus filhos de 07 a 15 anos no Projeto Fábrica de Gaiteiros🎹 #accordion #music #gaitaponto #fabricadegaiteiros

Foto divulgação.

 

Sesc abre vagas gratuitas para aulas de gaita em Lages e Blumenau

O projeto atende crianças e adolescentes, de 7 a 15 anos, que aprendem a tocar o instrumento que projetou Renato Borghetti para o Brasil e exterior.

O Sesc em Santa Catarina está com inscrições abertas para o processo seletivo para ingresso no Programa de Comprometimento e Gratuidade (PCG), Edital de Bolsas de Estudos para o projeto Fábrica de Gaiteiros – aulas de gaita-ponto / acordeon, em Lages e também agora em Blumenau. O projeto atende crianças e adolescentes, de 7 a 15 anos, que aprendem a tocar o instrumento que projetou Renato Borghetti para o Brasil e exterior.

Para se candidatar no processo seletivo de ingresso ao Programa de Comprometimento e Gratuidade (PCG), o responsável legal precisa comprovar renda familiar bruta de até três salários mínimos, ou seja, R$ 2.862,00 e é necessário que o aluno atenda aos seguintes requisitos básicos: ser preferencialmente dependente de comerciário; estar matriculado ou ser egresso da educação básica da rede pública de ensino. As aulas são gratuitas e individuais e acontecem uma vez por semana, sendo que os alunos utilizam os instrumentos cedidos pelo projeto de Borghetti, confeccionadas com madeira certificada de eucalipto, proveniente de plantios renováveis.

Edital 001/2018, disponível no site do Sesc/SC (www.sesc-sc.com.br), disponibiliza 36 vagas de bolsas para o projeto em Lages, já o Edital 003/2018, disponibiliza 35 vagas de bolsas para Blumenau.  As inscrições podem ser feitas pelos pais ou responsáveis, no espaço Relacionamento com Clientes do Sesc em Lages (Av. Dom Pedro II, 1693 – Bairro Universitário) e Blumenau (Rua Dr. Amadeu da Luz, 165 – Centro), sempre do dia 1º a 10 de cada mês, das 08h às 20h. Mais informações podem ser consultadas pelo telefone 0800 645 5454.

Desde que iniciou as atividades no Centro Cultural Vidal Ramos – Sesc em Lages, em dezembro de 2016, a Fábrica de Gaiteiros atrai a atenção do público e a procura pelas aulas de gaita-ponto / acordeon tem aumentado a cada dia. Além do conhecimento, as aulas também proporcionam a preservação da cultural tradicionalista. “Essa gaita ponto estava caindo no esquecimento porque o pessoal que tocava era o pessoal mais velho, pessoal mais antigo. E aí de repente você vê essa criançada de 7 até 15 anos participando do projeto. Esse é o pagamento maior”, afirmou Roberto Anastácio Martins, Diretor Regional do Sesc em Santa Catarina.

O Diretor ainda enfatiza o potencial transformador do projeto na vida das crianças e adolescentes atendidos pela Fábrica de Gaiteiros. “É um projeto social que permite que alunos que normalmente não teriam acesso a aulas de gaita, de repente estão tocando e se desenvolvendo. É muito importante até pela questão de que a gaita é um instrumento elitizado pelo alto custo para ser adquirido, e através do projeto as crianças e adolescentes podem participar de aulas gratuitas e sem a necessidade de adquirir o instrumento”, finaliza Martins.

Sobre a Fábrica de Gaiteiros
O acordeonista gaúcho Renato Borghetti, em suas viagens e shows pelo interior do Brasil e Rio Grande do Sul, recebe milhares de correspondências e pedidos verbais de fãs e admiradores. Entre tantas demandas, passou a carregar consigo algumas que considerou especiais: aquelas que solicitavam doação de gaitas ou auxílio para aquisição do instrumento, demasiadamente caro para os padrões brasileiros. “Essas cartas e e-mails me fizeram perceber o quanto era restrito o acesso da gaita-ponto aos interessados de baixa renda, evidenciando, assim, a carência de um projeto que permitisse o estímulo e a inclusão de jovens talentos na perpetuação da autêntica cultura gaúcha, através da gaita de oito baixos”, comenta Renato.

Unir inclusão social, aumentando a autoestima e o espírito de coletividade, ao mesmo tempo estimulando a sensibilidade e conhecimento da cultura local é a finalidade do projeto, com uma gaita social, que estimula crianças e jovens a se interessarem pelo instrumento, oferecendo aos mesmos as devidas condições para o aprendizado e para futura aquisição do instrumento, criando uma verdadeira “Fábrica de Gaiteiros”.

A “Fábrica de Gaiteiros” também está implantada nos municípios gaúchos de Porto Alegre, Guaíba, Barra do Ribeiro, Butiá, Tapes, São Gabriel, Bagé, Lagoa Vermelha e nos municípios catarinenses de Lages e Blumenau, com a participação de mais de 200 alunos.