Whatsapp
   jaimebnu@terra.com.br
  • Diversos

Secretaria Municipal de Educação é finalista do Prêmio ODS Santa Catarina

A Secretaria de Educação de Blumenau (Semed), por meio do Programa Musicalização Instrumental Bandas e Fanfarras, está entre os finalistas do Prêmio ODS Santa Catarina. Ao total, 110 projetos foram inscritos, 77 deles foram classificados para a segunda etapa, que foi dividida em duas ações: análise dos cases pela comissão avaliadora e resposta ao questionário […]

Publicado em 30/10/2020 às 09:33


A Secretaria de Educação de Blumenau (Semed), por meio do Programa Musicalização Instrumental Bandas e Fanfarras, está entre os finalistas do Prêmio ODS Santa Catarina. Ao total, 110 projetos foram inscritos, 77 deles foram classificados para a segunda etapa, que foi dividida em duas ações: análise dos cases pela comissão avaliadora e resposta ao questionário de práticas de gestão (Pessoa Jurídica). E, nesta quarta-feira, dia 28, foram divulgados os três finalistas de cada categoria. Os vencedores serão conhecidos no dia 12 de novembro às 16h pelo youtube.

O Prêmio ODS Santa Catarina é uma iniciativa do Movimento Nacional ODS Santa Catarina que consiste na realização de uma premiação para reconhecimento de ações desenvolvidas por seus Signatários (pessoas físicas ou jurídicas) que contribuam com as metas dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS), propostos pela Organização das Nações Unidas (ONU).

Programa Bandas e Fanfarras
O Programa Musicalização Instrumental Bandas e Fanfarras foi implantado no ano de 1993 em três escolas municipais como projeto extra curricular, proporcionando o convívio com a música instrumental e suas variantes. Com o passar dos anos, em 2013, o Programa contava com 28 profissionais, 17 deles ex-estudantes e contemplava 32 escolas, atingindo assim todas as regiões de Blumenau.
O Objetivo do Programa é promover a integração social na Instituição de Ensino, proporcionando recreação sadia e trabalho de grupo; desenvolver vocações e aptidões musicais; contribuir para a formação de sua personalidade; através do resgate das tradições musicais, nas apresentações e desfiles.
Oferecer as crianças e adolescentes, uma opção de atividade cultural, ancorado no Lema: “Curto banda, não curto drogas”, além de oportunizar a profissionalização musical.

Crédito: Michele Lamin
Crédito: Michele Lamin