Whatsapp
   jaimebnu@terra.com.br
  • Diversos
  • Esportes

Sancionada lei que cria o Dia Municipal do Paradesporto. Data será celebrada anualmente no dia 12 de abril.

O prefeito de Blumenau, Mário Hildebrandt, sancionou na manhã desta sexta-feira, dia 3, a Lei n°. 8.614 que institui o Dia Municipal do Paradesporto, que será celebrado anualmente no dia 12 de abril. O Programa Paradesporto de Blumenau atende atualmente cerca de 450 crianças, adolescentes e adultos, oferecendo gratuitamente 11 modalidades em 65 polos implantados em diversos bairros da cidade. Foto Eraldo Schnaider.

Publicado em 03/08/2018 às 07:34


Sancionada lei que cria o Dia Municipal do Paradesporto.
Data será celebrada anualmente no dia 12 de abril.

Foto Eraldo Schnaider.

Foto Eraldo Schnaider.

Foto Eraldo Schnaider.

Foto Eraldo Schnaider.

O prefeito de Blumenau, Mário Hildebrandt, sancionou na manhã desta sexta-feira, dia 3, a Lei n°. 8.614 que institui o Dia Municipal do Paradesporto, que será celebrado anualmente no dia 12 de abril. O ato ocorreu na presença de paratletas e familiares, como forma de demonstrar o reconhecimento ao programa da Secretaria Municipal de Educação (Semed). A lei também tem o objetivo de conscientizar sobre a importância do paradesporto na cidade como ferramenta de inclusão e promoção da qualidade de vida das pessoas com deficiência.

Na ocasião, o prefeito Mário Hildebrandt agradeceu aos vereadores, em especial o proponente da ação, o vereador Alexandre Matias, pela iniciativa e ressaltou a força dos paratletas. “Gostaria de parabenizá-los pelo espírito de luta e a busca pela vitória que vocês têm, não só no esporte como na vida. Esse ato é um reconhecimento para todos que acreditam no paradesporto”, afirmou.

O Programa Paradesporto de Blumenau atende atualmente cerca de 450 crianças, adolescentes e adultos, oferecendo gratuitamente 11 modalidades em 65 polos implantados em diversos bairros da cidade. Entre as atividades oferecidas, está a natação, que é o esporte praticado pela aluna Isabelle Garcia Velásquez, de 16 anos, que também estava na solenidade. “É gratificante ter a oportunidade de presenciar a sanção dessa lei, que vai proporcionar mais representatividade para o paradesporto na sociedade. E para que possamos mostrar que, apesar das limitações, conseguimos fazer o mesmo que os demais”.

A data foi escolhida em alusão à fundação da Associação do Paradesporto de Blumenau (Apesblu), reverenciando todos os paratletas da cidade, voluntários e parceiros do programa nesses seis anos de atuação. Além de proporcionar benefícios às pessoas com deficiência, o Paradesporto tem conquistado títulos e premiações de destaque, como medalhas de ouro em competições nacionais e internacionais, e o Troféu Guga Kuerten, sendo considerado uma referência nacional. Blumenau é responsável também por enviar o maior número de atletas para a seleção catarinense na disputa das Paralimpíadas Escolares, maior competição estudantil paralímpica do mundo.

 

Assessora de comunicação: Aline Franzoi Santos Fleith