Whatsapp
   jaimebnu@terra.com.br
  • Diversos

Psicopedagogia Escolar torna-se programa permanente em Blumenau.

Prefeito assinou o decreto na abertura do 1º Seminário de Psicopedagogia Escolar. Criado há dez anos, o projeto tem o objetivo de atender à demanda de alunos que apresentam dificuldades específicas de aprendizagem. Atualmente, 2.265 estudantes de 39 unidades escolares são beneficiados pelo trabalho de 30 psicopedagogas contratadas pela Prefeitura. Durante a solenidade, o prefeito destacou que esse reconhecimento foi possível devido aos resultados excepcionais apresentados pelo projeto. “Temos como pilar desse governo a saúde e a educação, investindo acima da obrigação constitucional e incentivando a realização de diversas propostas. A psicopedagogia faz parte desse conjunto de ações”. Para a secretária de Educação, Patrícia Lueders, ter o projeto transformado em uma política educacional do município garante a qualidade do ensino na rede. “É o trabalho das psicopedagogas que proporciona um olhar sensível para aquela criança que não está conseguindo acompanhar o ritmo da turma, ajudando-a no processo de aprendizagem”, ressaltou. Após a solenidade de abertura, que contou com a apresentação de alunos da banda da Escola Básica Municipal Machado de Assis, o seminário teve sequência, com uma a palestra sobre os dez anos da Psicopedagogia Escolar em Blumenau. O evento seguirá até a noite e também irá abordar temas como a inserção do psicopedagogo no ambiente escolar e o desenvolvimento da criança. O 1º Seminário de Psicopedagogia Escolar faz parte da programação de aniversário de 167 anos de Blumenau e tem como objetivo possibilitar avanços nas ações pedagógicas, bem como aprimorar os conhecimentos relacionados à aprendizagem e o desenvolvimento das crianças. Foto: Marcelo Martins

Publicado em 27/09/2017 às 06:35


Psicopedagogia Escolar torna-se programa permanente em Blumenau.
Prefeito assinou o decreto na abertura do 1º Seminário de Psicopedagogia Escolar.

Foto: Marcelo Martins

O prefeito Napoleão Bernardes assinou na manhã desta quarta-feira, dia 27, o decreto que institui o projeto Psicopedagogia Escolar como um programa da Secretaria Municipal de Educação (Semed). O ato foi realizado durante a abertura do 1º Seminário de Psicopedagogia Escolar, na Escola Técnica do SUS (Etsus).

Criado há dez anos, o projeto tem o objetivo de atender à demanda de alunos que apresentam dificuldades específicas de aprendizagem. Atualmente, 2.265 estudantes de 39 unidades escolares são beneficiados pelo trabalho de 30 psicopedagogas contratadas pela Prefeitura.

Durante a solenidade, o prefeito destacou que esse reconhecimento foi possível devido aos resultados excepcionais apresentados pelo projeto. “Temos como pilar desse governo a saúde e a educação, investindo acima da obrigação constitucional e incentivando a realização de diversas propostas. A psicopedagogia faz parte desse conjunto de ações”.

Para a secretária de Educação, Patrícia Lueders, ter o projeto transformado em uma política educacional do município garante a qualidade do ensino na rede. “É o trabalho das psicopedagogas que proporciona um olhar sensível para aquela criança que não está conseguindo acompanhar o ritmo da turma, ajudando-a no processo de aprendizagem”, ressaltou.

Após a solenidade de abertura, que contou com a apresentação de alunos da banda da Escola Básica Municipal Machado de Assis, o seminário teve sequência, com uma a palestra sobre os dez anos da Psicopedagogia Escolar em Blumenau. O evento seguirá até a noite e também irá abordar temas como a inserção do psicopedagogo no ambiente escolar e o desenvolvimento da criança.

O 1º Seminário de Psicopedagogia Escolar faz parte da programação de aniversário de 167 anos de Blumenau e tem como objetivo possibilitar avanços nas ações pedagógicas, bem como aprimorar os conhecimentos relacionados à aprendizagem e o desenvolvimento das crianças.

 

Assessora de Comunicação: Aline Franzoi Santos Fleith