Whatsapp
   jaimebnu@terra.com.br
  • Diversos

Programa apoiado pelo Instituto TIM leva projeto de estudantes brasileiros à Estação Espacial Internacional. Jovens de Santa Catarina foram vencedores do concurso Garatéa-ISS e tiveram experimento embarcado em foguete que decolou ontem (25) na Flórida.

Um filtro de água baseado na moringa. Esse experimento bem brasileiro está em um foguete que decolou ontem (25) a caminho da Estação Espacial Internacional. O projeto foi desenvolvido por alunos do segundo ano do ensino médio do Instituto Federal de Santa Catarina – Campus Xanxerê e venceu a competição Garatéa-ISS, iniciativa desenvolvida pela Missão […]

Publicado em 30/07/2019 às 05:31


Foto: Divulgação.

Um filtro de água baseado na moringa. Esse experimento bem brasileiro está em um foguete que decolou ontem (25) a caminho da Estação Espacial Internacional. O projeto foi desenvolvido por alunos do segundo ano do ensino médio do Instituto Federal de Santa Catarina – Campus Xanxerê e venceu a competição Garatéa-ISS, iniciativa desenvolvida pela Missão Garatéa e apoiado pelo Instituto TIM.

Isabela Battistella, Renata Müller, Ricardo Cenci e Roberta Debortoli concorreram com mais de 4 mil estudantes de 172 escolas brasileiras. No início do mês, os jovens estiveram nos Estados Unidos e apresentaram o projeto “Capilaridade vs Gravidade no processo de filtração” na Conferência Nacional do Programa de Experimentos Espaciais de Estudantes, na Virgínia. Agora, terão o seu experimento embarcado em um foguete de carga da SpaceX para ser recebido por astronautas da NASA na EEI. A proposta do grupo é que – ao invés do processo tradicional, com o líquido descendo pelo filtro e saindo limpa na torneira – a água seja filtrada sem gravidade, por capilaridade (processo físico que empurra o líquido através de pequenos capilares). A purificação é feita com carvão ativado.

A competição Garatéa-ISS está ligada ao Student Spaceflight Experiments Program (SSEP), programa norte-americano que seleciona e envia experimentos de alunos de 10 a 17 anos para o espaço. Até dia 11 de agosto, escolas públicas e particulares de todo o Brasil podem se inscrever na 3ª edição do concurso. Os interessados devem acessar o formulário online no site da Missão Garatéa: iss.garatea.space.

Os alunos das escolas selecionadas terão até o fim do ano para desenvolverem experimentos que poderão ir à Estação Espacial Internacional. Em dezembro, os parceiros americanos escolherão o melhor dos três finalistas. Por fim, a NASA escolherá o finalista para ser lançado ao espaço em 2020. A equipe ganhadora também participará de um Congresso em Washington para a exposição de resultados.

Sobre o Instituto TIM

O Instituto TIM (www.institutotim.org.br) tem como missão criar e potencializar recursos e estratégias para a democratização da ciência, tecnologia e inovação, promovendo o desenvolvimento humano, utilizando a tecnologia móvel como um dos principais habilitadores. Define sua atuação em projetos focados em quatro pilares: Ensino (projetos educacionais para crianças e jovens); Aplicações (soluções tecnológicas); Inclusão (ações pró-cidadania) e Trabalho (novas oportunidades de atuação e capacitação). Em parceria com diversas instituições federais e aproximadamente 70 secretarias municipais e estaduais, como de Educação, Cultura e Planejamento em todo o País, as ações do Instituto TIM já alcançaram cerca de 500 municípios, em todos os 26 estados e Distrito Federal, beneficiando mais de 700 mil pessoas, especialmente, crianças de 6 a 12 anos.

Foto: Divulgação.