Whatsapp
   jaimebnu@terra.com.br
  • Diversos

Procon de Blumenau vai notificar empresas de telefonia sobre fiação nos postes. Empresas terão que adequar os fios nos postes para evitar emaranhados e retirar fios rompidos.

Nesta quarta-feira, dia 27, o Procon de Blumenau vai notificar cinco empresas de telefonia da cidade, incluindo a própria Celesc, exigindo a readequação da fiação instalada nos postes de energia elétrica. A medida atende a lei municipal 1.115, aprovada em 2017, que determina a organização da estrutura da fiação tanto da Celesc quanto das empresas de telefonia. A legislação estabelece ainda a retirada do material ou fiação em desuso. De acordo com o Procon, é possível verificar em diversos pontos da cidade postes com a presença de emaranhados de fios, além daqueles que estão rompidos em contato com as calçadas ou pistas de rolamento. De acordo com o coordenador do Procon, André Moura Cunha, “além da estética, a organização da fiação nos postes e retirada dos fios que não estão sendo usados traz segurança para pedestres, inclusive ciclistas e motoristas”, diz. De acordo com a lei, os detentores e ocupantes de concessão, permissão ou autorização de serviço de distribuição de energia ou de telecomunicações têm a obrigação de realizar o alinhamento dos fios. Além da organização da estrutura da fiação instalada nos postes, a lei determina também a manutenção, conservação, remoção e substituição de postes em estado precário, tortos, inclinados ou em desuso, sem que em nenhuma das situações haja ônus para o município. Conforme André, com a notificação, as empresa têm prazo de 72 horas para cumprir a determinação. Foto Procon.

Publicado em 27/02/2019 às 11:25


Procon de Blumenau vai notificar empresas de telefonia sobre fiação nos postes. Empresas terão que adequar os fios nos postes para evitar emaranhados e retirar fios rompidos.

Fotos Procon.

Fotos Procon.

Fotos Procon.

Nesta quarta-feira, dia 27, o Procon de Blumenau vai notificar cinco empresas de telefonia da cidade, incluindo a própria Celesc, exigindo a readequação da fiação instalada nos postes de energia elétrica. A medida atende a lei municipal 1.115, aprovada em 2017, que determina a organização da estrutura da fiação tanto da Celesc quanto das empresas de telefonia.

A legislação estabelece ainda a retirada do material ou fiação em desuso. De acordo com o Procon, é possível verificar em diversos pontos da cidade postes com a presença de emaranhados de fios, além daqueles que estão rompidos em contato com as calçadas ou pistas de rolamento.

De acordo com o coordenador do Procon, André Moura Cunha, “além da estética, a organização da fiação nos postes e retirada dos fios que não estão sendo usados traz segurança para pedestres, inclusive ciclistas e motoristas”, diz. De acordo com a lei, os detentores e ocupantes de concessão, permissão ou autorização de serviço de distribuição de energia ou de telecomunicações têm a obrigação de realizar o alinhamento dos fios.

Além da organização da estrutura da fiação instalada nos postes, a lei determina também a manutenção, conservação, remoção e substituição de postes em estado precário, tortos, inclinados ou em desuso, sem que em nenhuma das situações haja ônus para o município. Conforme André, com a notificação, as empresa têm prazo de 72 horas para cumprir a determinação.

 

Assessor de Comunicação: Joni César