Whatsapp
   jaimebnu@terra.com.br
  • Diversos

Prefeitura lança curso de Libras para servidores municipais. Objetivo é garantir maior inclusão nos serviços.

A Prefeitura de Blumenau, por meio de parceria entre as Secretarias de Administração (Sedead) e Educação (Semed), lançou nesta quarta-feira, dia 7, o curso em Língua Brasileira de Sinais (Libras) para servidores públicos do município. O evento contou com a participação do prefeito Mário Hildebrandt, dos secretários Anderson Rosa e Patrícia Lueders, bem como de […]

Publicado em 07/08/2019 às 05:37


Foto: Michele Lamin


A Prefeitura de Blumenau, por meio de parceria entre as Secretarias de Administração (Sedead) e Educação (Semed), lançou nesta quarta-feira, dia 7, o curso em Língua Brasileira de Sinais (Libras) para servidores públicos do município. O evento contou com a participação do prefeito Mário Hildebrandt, dos secretários Anderson Rosa e Patrícia Lueders, bem como de vereadores, servidores e comunidade.

Cerca de 50 servidores participarão da formação, cujas aulas terão início na próxima quarta-feira, dia 14. Entre eles estão profissionais da área da saúde, assistência social, educação, bem como de setores administrativos. O objetivo é garantir maior acessibilidade nos serviços oferecidos à população, tendo profissionais habilitados para se comunicar com pessoas com deficiência auditiva.

“Nossa meta é que o cidadão blumenauense com deficiência auditiva encontre, em qualquer serviço da Prefeitura que ele buscar, um servidor preparado para se comunicar com ele. Queremos construir uma cidade cada vez mais inclusiva”, declarou o prefeito.

O curso terá duração de 14 encontros e será ministrado por professores intérpretes do Centro Municipal de Educação Alternativa (Cemea). Ainda durante a solenidade, o grupo de alunos do curso nível intermediário de Libras promovido pela Semed no primeiro semestre fez uma apresentação, demonstrando o que já aprendeu.

Na ocasião, eles receberam também o certificado de término e a garantia do prefeito de que terão continuidade na formação. “Gerar inclusão na cidade de Blumenau é uma decisão de governo, que não tem volta. Por isso já adianto que o curso Intermediário Nível 2 também vai acontecer”, declarou Hildebrandt. A perspectiva é de que a continuidade da formação para este grupo ocorra ainda neste segundo semestre.

Assessora de Comunicação: Aline Franzoi Santos Fleith

  • Foto: Michele Lamin