Whatsapp
   jaimebnu@terra.com.br
  • Diversos

Prefeito assina ordem de serviço para início das obras de remontagem do antigo Salão Kunze
Edificação é a segunda maior construção enxaimel de Blumenau, e permanecerá na Vila Itoupava.

Na manhã desta terça-feira, dia 25, o prefeito Mário Hildebrandt, acompanhado da vice-prefeita Maria Regina de Souza Soar e do Intendente Distrital da Vila Itoupava, Leandro Índio da Silva, assinaram ordem de serviço para remontagem do antigo Salão Kunze, edificação histórica restaurada que será reconstruída nas dependências do Centro Turístico e Cultural da Vila Itoupava […]

Publicado em 25/05/2021 às 03:55


Na manhã desta terça-feira, dia 25, o prefeito Mário Hildebrandt, acompanhado da vice-prefeita Maria Regina de Souza Soar e do Intendente Distrital da Vila Itoupava, Leandro Índio da Silva, assinaram ordem de serviço para remontagem do antigo Salão Kunze, edificação histórica restaurada que será reconstruída nas dependências do Centro Turístico e Cultural da Vila Itoupava (CTC). O ato de assinatura, transmitido ao vivo pelas redes sociais da prefeitura, aconteceu no mesmo local para onde será transferida a segunda maior construção enxaimel de Blumenau. 

O investimento na obra de restauro e reconstrução do Salão Kunze é de R$556.872,62, com recursos próprios do município (oriundos do Fundo de Manutenção do CTC) e de emenda do ex-senador Dalirio Beber. Além da reconstrução de toda a edificação, será construída uma nova área de apoio e suporte, com cozinha, vestiários e sanitários.

A construção estava instalada junto a rua Gustavo Ruedger, e sediou por muitos anos a Sociedade União, tradicional Clube de Caça e Tiro do Distrito, que atualmente está desativada. A estrutura foi doada ao município em 2018, por Caryl Vogel, herdeiro da propriedade e neto do fundador/construtor do Salão, Paul Kunze.

A demanda foi encaminhada ao governo municipal por representantes da comunidade da Vila Itoupava, por meio de seu Conselho de Desenvolvimento (Comdevi), para evitar que a construção – não tombada pelo patrimônio histórico – ficasse totalmente comprometida e futuramente viesse a ser demolida. O prefeito Mário Hildebrandt destaca a importânica de preservar a cultura germânica. “Este investimento garante a preservação cultural desta edificação, que será integrada à estrutura do Centro Turístico e Cultural, como medida estratégica para consolidá-lo como equipamento histórico-cultural, visando aumentar o fluxo turístico desta importante região”, destaca o chefe do executivo.

Para viabilizar a reconstrução da edificação e seu translado, o município também efetuou duas importantes desapropriações de imóveis que fazem limite com a antiga Cervejaria Feldmann, no valor total de R$978.000,00, adquirindo desta forma mais 11.553m² de área. A reestruturação permitirá a transformação do espaço em um Complexo Turístico, Cultural e Ambiental, que deverá ser viabilizado via pacote de concessões do município.

Após a assinatura da ordem de serviço, o prefeito Mario Hildebrandt participou ainda da reunião ordinária do Conselho de Administração do Centro Turístico e Cultural. Na oportunidade, foi entregue aos conselheiros, cópia da Lei de criação do Parque Natural Municipal Claus Feldmann, e o prefeito sancionou a Lei Complementar Municipal 1.336, recém aprovada pela Câmara de Vereadores, que cria os mecanismos legais e burocráticos necessários para viabilizar o início da instalação e funcionamento da primeira unidade de conservação ambiental da região norte da Cidade. 

Sobre o Centro Turístico e Cultural da Vila Itoupava
Criado em 2001, o CTC é mantido por meio de recursos do orçamento municipal e de repasses mensais feitos pela empresa Veolia Brasil – antiga Momento Engenharia Ambiental Ltda, em cumprimento do Termo de Compromisso de Ajustamento de Conduta firmado com o Ministério Público do Estado de Santa Catarina, em 18 de dezembro de 1997. A unidade é gerida por seu Conselho de Administração, vinculado a Intendência Distrital da Vila Itoupava, secretaria municipal que gere a unidade e executa as deliberações do Conselho de Administração.