Whatsapp
   jaimebnu@terra.com.br
  • Diversos
  • Trânsito

Ponte do Vale em Gaspar já está interditada a partir das 6h desta quarta-feira, dia 11 de janeiro, por falta de sinalização.

Diante da necessidade, o prefeito Kleber Wan-Dall autorizou e determinou a interdição da Ponte do Vale por 25 dias, a partir do dia 11 de janeiro de 2017. Os motivos que levaram tal determinação foram principalmente garantir a segurança dos usuários e assegurar a garantia técnica e contratual da obra, além de resguardar a durabilidade da obra, preservar a qualidade do equipamento público e minimizar os custos futuros de manutenção. “Sabemos da importância da ponte para a melhoria do trânsito de toda região do Vale, porém precisamos acima de tudo preservar a segurança de quem passa por lá e também garantir que a obra seja entregue de forma completa e com a garantia total da empresa.”, declarou o prefeito durante entrevista coletiva realizada na manhã desta terça-feira (10). A decisão também levou em consideração o período de menor tráfego de veículos na região devido a temporada de férias. O elevado ficará fechado para carros, motos, caminhões e demais veículos automotores, no entanto pedestres e ciclistas terão a passagem liberada. A expectativa de finalização total da obra é de 45 dias. Fotos Guilherme Spengler.

Publicado em 11/01/2017 às 08:20


Ponte do Vale em Gaspar já está interditada a partir das 6h desta quarta-feira, dia 11 de janeiro, por falta de sinalização.

Fotos Guilherme Spengler

Fotos Guilherme Spengler

Fotos Guilherme Spengler

Fotos Guilherme Spengler

 

A Prefeitura Municipal de Gaspar, por meio da Secretaria de Planejamento Urbano, comunica que a Ponte do Vale Prefeito Dorval Rodolfo Pamplona, será interditada para veículos a partir das 6 horas da manhã desta quarta-feira (11).

 

A solicitação partiu da empresa Aterpa, responsável pela obra, que precisa do trecho liberado para concluir os seguintes serviços: execução das juntas de dilatação; prova de carga; pavimentação da interseção junto a Rodovia Francisco Mastella; conclusão interseção junto Rua Pedro Simon; passagem da fiação e ativação da iluminação; execução de calçadas; enleivamento de terraplenagem; 2ª camada da pavimentação da rampa margem direita da ponte; sinalização viária; limpeza geral da obra. De acordo com o engenheiro da Empresa Aterpa, Mauro Oliveira são necessários 25 dias para a conclusão da execução das juntas de dilatação, necessárias para diminuir a vibração e trepidação no elevado.

 

Diante da necessidade, o prefeito Kleber Wan-Dall autorizou e determinou a interdição da Ponte do Vale por 25 dias, a partir do dia 11 de janeiro de 2017. Os motivos que levaram tal determinação foram principalmente garantir a segurança dos usuários e assegurar a garantia técnica e contratual da obra, além de resguardar a durabilidade da obra, preservar a qualidade do equipamento público e minimizar os custos futuros de manutenção. “Sabemos da importância da ponte para a melhoria do trânsito de toda região do Vale, porém precisamos acima de tudo preservar a segurança de quem passa por lá e também garantir que a obra seja entregue de forma completa e com a garantia total da empresa.”, declarou o prefeito durante entrevista coletiva realizada na manhã desta terça-feira (10).

 

A decisão também levou em consideração o período de menor tráfego de veículos na região devido a temporada de férias. O elevado ficará fechado para carros, motos, caminhões e demais veículos automotores, no entanto pedestres e ciclistas terão a passagem liberada. A expectativa de finalização total da obra é de 45 dias.

 

 

Ponte do Vale Prefeito Dorval Rodolfo Pamplona

 

A construção da ponte teve início em 28 de junho de 2012.  A ponte tem extensão de 360 metros e atravessa o rio Itajaí-Açu fazendo a ligação entre a SC-412, nas proximidades do Centro de Eventos Prefeito João dos Santos, e a BR-470, na entrada do bairro Arraial D’Ouro. A obra teve o investimento total de cerca de R$ 41,6 milhões. Desse valor, cerca de R$ 36,5 milhões são com recursos do Governo Federal e, em contrapartida, o município investiu aproximadamente R$ 5,1 milhões.