Whatsapp
   jaimebnu@terra.com.br
  • Diversos

Pneumonia é a principal causa de morte em crianças abaixo de cinco anos

Doença pode ser evitada por meio de vacina e é lembrada no dia 12 de novembro. De acordo com dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), uma criança morre de pneumonia no mundo a cada 20 segundos. Por isso, o dia 12 de novembro, Dia Mundial da Pneumonia, visa conscientizar a população sobre os riscos […]

Publicado em 11/11/2021 às 04:01


Doença pode ser evitada por meio de vacina e é lembrada no dia 12 de novembro.

De acordo com dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), uma criança morre de pneumonia no mundo a cada 20 segundos. Por isso, o dia 12 de novembro, Dia Mundial da Pneumonia, visa conscientizar a população sobre os riscos da doença e as formas de prevenção.

“A pneumonia adquirida na comunidade (PAC) é a principal causa de morte em crianças abaixo de 5 anos e pode ser causada por vírus e bactérias. A bactéria Streptococcus pneumoniae é o principal causador em todas as faixas etárias. Mas, o Vírus Sincicial Respiratório (VSR) é também um agente frequente de PAC e pode determinar quadros mais graves, particularmente nos lactentes”, alerta a pneumologista pediátrica do Hospital Dia do Pulmão, Manoella Kreibich.

A especialista explica que os sintomas e sinais da pneumonia dependem da extensão da doença e da faixa etária, mas, em geral, as crianças apresentam febre, tosse e respiração rápida. Nos casos mais graves, apresentam, ainda, falta de ar.

A boa notícia é que existem vacinas que podem prevenir as pneumonias bacterianas. São as vacinas conjugadas Pneumo10 e Prevenar13 e a vacina polissacarídea 23 valente (VPP23), todas disponíveis no Hospital do Pulmão. “A vacina Pneumo10 (VPC10) previne cerca de 70% das infecções graves (pneumonia, meningite e otites) em crianças, e a vacina Prevenar 13 (VPC13) previne cerca de 90% destas infecções graves”, destaca Manoella.

Conforme a médica explica, a orientação da Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIM) é a vacinação rotineira com VPC10 ou VPC13 em crianças a partir de 2 meses e menores de 6 anos de idade. Para crianças acima de 6 anos, recomenda-se o esquema com vacinas VPC13 e VPP23. “A vacina pneumo 23 previne contra doenças provocadas por 23 tipos de pneumococos. Ela é indicada para crianças acima de 2 anos, adolescentes e adultos que tenham algum problema de saúde que aumenta o risco para doença pneumocócica”, comenta Manoella.

Prevenção

Além das vacinas, a médica orienta sobre outros cuidados importantes para se evitar as infecções respiratórias. “Os pais devem estar atentos a higiene ambiental, como deixar ambientes arejados e abertos, evitar aglomerações e incentivar a higiene das mãos.

É preciso também evitar o contato com crianças ou adultos com sintomas. O aleitamento materno exclusivo até os 6 meses e manter o calendário vacinal atualizado também são fatores importantes de proteção”, explica a pneumo pediatra.

Pneumonia em adultos

Nos adultos, a pneumonia atinge mais os idosos, acima de 60 anos, mas, conforme explica o pneumologista do Hospital do Pulmão, Ricardo Albaneze, a doença pode ocorrer em qualquer idade. “Excetuando-se recém nascidos, que também são muito vulneráveis à pneumonia, Quanto mais idoso, maiores as chances de complicação. Os fatores de risco são muitos, mas os mais comuns são diabetes, uso de drogas imunossupressoras e a presença da Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC). Pacientes com cicatrizes

extensas/bronquiectasias e obesidade em geral apresentam também mais dificuldade na recuperação”, alerta Albaneze.

Quando o tratamento é iniciado cedo, as chances de recuperação total são grandes. “Em geral, a pneumonia não deixa sequelas, mas pode haver se houver demora no início do tratamento”, explica o especialista.

Sobre o Hospital do Pulmão

O Hospital Dia do Pulmão (HDP) atua em Blumenau desde 1982, com prestação de serviços voltados ao diagnóstico e tratamento de doenças respiratórias.

Além de atendimento nas áreas de pneumologia, alergologia, otorrinolaringologia e cirurgia torácica, o Hospital Dia do Pulmão conta com serviço de Pronto Atendimento, consultórios, exames e tratamentos que permitem o atendimento, diagnóstico e tratamento em regime de Hospital Dia nas dependências do HDP.

Outro destaque é a consultoria de vacinas, que permite análise via WhatsApp das carteiras de vacinação, orientações e até agendamentos como o diferencial que caracteriza o HDP.