Whatsapp
   jaimebnu@terra.com.br
  • Diversos

Parceria FURB e Electrolux resulta em inovação no mercado

Publicado em 26/10/2021 às 08:10


Fruto da parceria entre a Universidade Regional de Blumenau (FURB) com a Electrolux, já está disponível no mercado uma geladeira com a nova tecnologia AutoSense. Através de testes realizados dentro da Universidade pelo Grupo de Engenharia Bioquímica e de Alimentos (GENBIA), foi possível verificar e validar o potencial inovador da tecnologia.
 
O Autosense, conforme explica a professora Tuany Gabriela Hoffmann, uma das pesquisadoras envolvida nos estudos, “é uma tecnologia baseada em inteligência artificial, desenvolvida e lançada pela Electrolux, que mantém os alimentos frescos por até 30% mais tempo, conforme verificado em testes conduzidos na FURB e internamente na Electrolux”.
 
Após a verificação da FURB sobre a significativa preservação dos alimentos, a Electrolux lançou no mercado a geladeira com a tecnologia AutoSense. Com ela, a geladeira controla sua temperatura utilizando inteligência artificial, o que prolonga a duração dos alimentos no refrigerador. O novo produto também utiliza a tecnologia inverter, que mantém a temperatura mais estável e economiza até 45% de energia. Tudo isso para garantir uma maior duração dos alimentos, evitando o desperdício.
 
Foram as professoras da FURB ligadas ao GENBIA, Tuany Gabriela Hoffmann, mestra em Engenharia Química, e Carolina Krebs de Souza, doutora em Química e Toxicologia de Alimento, que conduziram os testes para acompanhamento da preservação da qualidade de alimentos na geladeira da Electrolux.
 
Os experimentos feitos com a “Geladeira Top Freezer com AutoSense IF56B Black” no Laboratório de Food Preservation & Innovation (LabFood) da FURB utilizaram alimentos frescos, como morangos, alfaces e cogumelos, muito sensíveis e que facilmente estragam, mesmo no refrigerador.
 
“Para o grupo de pesquisa, a parceria com a empresa impacta no desenvolvimento de profissionais prontos para o mercado de trabalho e fortalece o grupo de pesquisa, além de poder contribuir ativamente para o desenvolvimento de novas tecnologias de refrigeração”, explica Tuany.
 
A parceria entre a Universidade e a Electrolux foi firmada em 2020, e atualmente outros projetos de estudo também estão sendo negociados e desenvolvidos em conjunto.