Whatsapp
   jaimebnu@terra.com.br
  • Diversos

Operação da polícia prendeu olheira de quadrilha que aplicava golpe do bilhete premiado em Blumenau nesta terça-feira, dia 2, em Camboriú.

Na manhã de hoje, dia 2, a Polícia Civil de Blumenau, através da 2 DP de Blumenau flagrou a operação “crime ancião “, que visou desarticular quadrilha especializada em golpes do bilhete premiado, que visavam principalmente idosos nas proximidades de agências bancárias. Foram cumpridos mandados de prisão e de busca e apreensão em Camboriú-SC. Foi […]

Publicado em 02/07/2019 às 05:38


Foto: Polícia Civil de SC.

Na manhã de hoje, dia 2, a Polícia Civil de Blumenau, através da 2 DP de Blumenau flagrou a operação “crime ancião “, que visou desarticular quadrilha especializada em golpes do bilhete premiado, que visavam principalmente idosos nas proximidades de agências bancárias. Foram cumpridos mandados de prisão e de busca e apreensão em Camboriú-SC.

Foi presa uma mulher, de 49 anos, que fazia a função de olheira. Chamou a atenção no caso que a vítima foi conduzida pelos braços pela presa até a agência bancária, tamanha foi a audácia da quadrilha.

O Delegado Lucas Gomes de Almeida explica que tem visto crescer o número de ocorrências de estelionato na Cidade, bem como é de conhecimento geral que parte da criminalidade tem migrado para esses tipos de golpes. A própria presa, ao ser questionada, explicou que tem visto envolvidos em tráfico e assaltos migrarem para os golpes.

O delegado esclarece que geralmente esses grupos trabalham com 3 a 4 pessoas. Um na função de “grupo” (que é o rapaz com jeito de endinheirado, que confirma a validade do bilhete), o “fila” (que aborda as pessoas, passando por ingênuo e pobre), e o “olheiro” que fica de olho na vítima dentro e fora da agência bancária.

Foto: Polícia Civil de SC.