Whatsapp
   jaimebnu@terra.com.br
  • Diversos

NOTA OFICIAL
A Prefeitura de Blumenau informa a abertura de um Processo Administrativo Disciplinar (PAD) contra um servidor que aplicou incorretamente uma dose da vacina contra a Covid-19.

NOTA OFICIALA Prefeitura de Blumenau informa que o prefeito Mário Hildebrandt e a vice-prefeita e coordenadora da Comissão de Vacinação contra à Covid-19, Maria Regina Soar, determinaram neste domingo, dia 06, a abertura de um Processo Administrativo Disciplinar (PAD) contra um servidor que aplicou incorretamente uma dose da vacina contra a Covid-19.De acordo com o […]

Publicado em 07/06/2021 às 05:13


NOTA OFICIAL
A Prefeitura de Blumenau informa que o prefeito Mário Hildebrandt e a vice-prefeita e coordenadora da Comissão de Vacinação contra à Covid-19, Maria Regina Soar, determinaram neste domingo, dia 06, a abertura de um Processo Administrativo Disciplinar (PAD) contra um servidor que aplicou incorretamente uma dose da vacina contra a Covid-19.
De acordo com o relato de uma usuária, a aplicação do imunizante no último sábado, dia 05, teria ocorrido de modo incorreto, com a maior parte do líquido escorrendo pelo seu braço antes da penetração cutânea. A usuária apresentou ainda um vídeo onde, de acordo com o enfermeiro coordenador da Central de Vacinação, é possível ver que a aplicação não segue os protocolos recomendados.
Diante disso, a Secretaria de Promoção da Saúde identificou o servidor responsável pela aplicação e determinou seu afastamento imediato da função de vacinador até a conclusão do Processo Disciplinar. Um relatório com os dados da usuária e do servidor, além dos tramites da aplicação, será encaminhado à Procuradoria Geral do Município para abertura do PAD. O fato também foi comunicado à Comissão de Vacinação contra à Covid-19.
A Prefeitura de Blumenau informa ainda que após a avaliação do enfermeiro coordenador da Central de Vacinação, definiu-se pela reaplicação da dose na usuária. A coordenadora da Comissão de Vacinação contra à Covid-19, Maria Regina Soar, realizou contato com a usuária, onde lamentou o fato ocorrido e reiterou que as medidas legais cabíveis serão tomadas e conforme já havia recebido a informação pelo coordenador ela será chamada para reagendamento da vacinação, garantindo a aplicação correta do imunizante.
A Prefeitura reforça seu compromisso com a lisura em todo o processo de vacinação e a transparência desde o início da pandemia. Qualquer intercorrência na aplicação da vacina deve ser comunicada de imediato à coordenação da Central de Vacinação ou registrada pelo setor de ouvidoria, no telefone 156, opção 2.