Whatsapp
   jaimebnu@terra.com.br
  • Diversos

NA BATALHA DE SÃO PAULO, APAN/ELEVA É SUPERADA PELO SESI

APAN/Eleva e SESI-SP realizaram na noite deste domingo uma das partidas mais equilibradas da Superliga Banco do Brasil 2021-22. No confronto válido pela nona rodada do primeiro turno, no Ginásio da Vila Leopoldina, em São Paulo, os donos da casa levaram a melhor por 3 a 1, com parciais de 25/19 25/15 21/25 31/29. Nos dois […]

Publicado em 13/12/2021 às 10:02


APAN/Eleva e SESI-SP realizaram na noite deste domingo uma das partidas mais equilibradas da Superliga Banco do Brasil 2021-22. No confronto válido pela nona rodada do primeiro turno, no Ginásio da Vila Leopoldina, em São Paulo, os donos da casa levaram a melhor por 3 a 1, com parciais de 25/19 25/15 21/25 31/29.

Nos dois primeiros sets, o time blumenauense teve muita dificuldade na recepção e no side-out. Muito em razão do nível de acerto do saque adversário. No terceiro, os comandados por André Donegá conseguiram imprimir seu ritmo de jogo e evoluir no aspecto tático.

Mesmo cenário visto no quarto set, decidido nos detalhes. “Foi uma ótima experiência. Precisamos aprender a jogar com placar adverso e tirar lições de derrota”, assinalou o treinador, acrescentando que vitórias e derrotas fazem parte do processo e o grupo seguirá trabalhando forte com a convicção de estar no caminho certo.

O ponteiro Vitor Baesso foi o maior pontuador da APAN/Eleva e um dos três da partida, ao lado de Birigui e Darlan do SESI. Anotou 16 pontos – dois deles em bloqueio. Nesse fundamento, o time blumenauense marcou seis pontos.

Na classificação da Superliga, a APAN/Eleva está em sexto lugar com 15 pontos em oito partidas, onde venceu cinco. Está com uma partida a menos em relação aos cinco primeiros e apenas três pontos do Vôlei Renata, quarto colocado.

O próximo compromisso

De São Paulo, o elenco embarca para o Rio Grande do Norte, onde na quarta-feira enfrenta o Funvic Natal Vôlei, às 19 horas, no Ginásio Nélio Dias, em Natal, com transmissão ao vivo pela Sportv2 O adversário ficou em quarto lugar no Mundial de Clubes e ocupa a oitava colocação da Superliga, com 11 pontos ganhos em oito jogos – quatro vitórias.

Foto: Juliana Kageyama