Whatsapp
   jaimebnu@terra.com.br
  • Diversos

Maior parte do comércio abrirá durante o Carnaval, aponta levantamento da CDL Blumenau

De acordo com um levantamento feito pela CDL Blumenau com empresários do município, a maior parte do comércio (69,4%) atenderá normalmente nos dias 28/02 e 1/03, segunda e terça-feira de Carnaval. O resultado vai ao encontro da sugestão da CDL Blumenau: manter as portas abertas e aproveitar para fazer boas vendas. “É muito importante que a maior […]

Publicado em 24/02/2022 às 07:00


De acordo com um levantamento feito pela CDL Blumenau com empresários do município, a maior parte do comércio (69,4%) atenderá normalmente nos dias 28/02 e 1/03, segunda e terça-feira de Carnaval. O resultado vai ao encontro da sugestão da CDL Blumenau: manter as portas abertas e aproveitar para fazer boas vendas.

“É muito importante que a maior parte dos lojistas já tenha esse posicionamento e decidiu que irá abrir o seu estabelecimento. Nosso objetivo é que ainda mais lojas possam estar abertas e assim estimular o consumidor para que ele aproveite o comércio local para fazer compras”, explica o presidente da CDL Blumenau, Eduardo Soares.

Na CDL Blumenau, assim como nos anos anteriores, o funcionamento ocorrerá normalmente durante o Carnaval, das 8h às 18h, sem fechar para o almoço. O atendimento ao consumidor no SPC será das 9h às 18h, no segundo andar do Shopping H.

Ainda é possível responder a pesquisa online sobre o horário de atendimento no Carnaval, disponível AQUI.

Maior parte do comércio abrirá durante o Carnaval, aponta levantamento da CDL Blumenau

Legislação
Os empresários devem estar atentos à Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) 2021/2022, acordada entre o Sindilojas e o Sindicato dos Empregados no Comércio, que não estabelece cláusula específica sobre o Carnaval.

Portanto, as empresas do comércio varejista têm ampla liberdade de abertura de seus estabelecimentos e sobre o horário de funcionamento nos dias 28 de fevereiro e 1 de março, segunda e terça-feira de Carnaval.

Dicas: como faturar sem as festas de rua

O carnaval representa uma oportunidade de negócio sazonal para diversas áreas do Varejo, Serviços e Turismo, mesmo sendo comemorado com restrições. Na última vez que foi celebrada no Brasil, em 2020, a festividade movimentou cerca de R$ 8 bilhões, segundo dados da Confederação Nacional de Bens, Serviços e Turismo (CNC). 

Confira algumas dicas da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) para aproveitar e vender mais:Produtos com mais saída


1) Bebidas alcoólicas: estão entre os itens mais consumidos no carnaval, seja em blocos de rua ou em celebrações domésticas. Dados da consultoria Nielsen referentes a 2020 indicam que 5 a cada 10 pessoas costumam consumir bebidas com álcool no carnaval, sendo que 92% dos entrevistados dizem preferir cerveja, seguido de destilado (24%) e vinhos (20%).

2) Fantasias e acessórios: o uso de fantasias e acessórios divertidos é uma tradição carnavalescas que deve se manter nas celebrações privadas e domésticas. No Google, a busca por “fantasias de carnaval” teve um salto nos últimos dias, especialmente no Pará, Amapá e Alagoas.

3) Maquiagem: outro elemento indispensável para a caracterização de quem gosta do carnaval é a maquiagem caprichada. Por isso, vender produtos deste segmento pode gerar um bom incremento de receita no faturamento da sua loja.

4) Protetor solar: muito utilizado não só no carnaval, mas também no verão como um todo, este é um produto que pode ser, inclusive, vendido com outros itens para alegrar o carnaval da criançada. Monte kits com espumas, confetes, maquiagens, chapéus divertidos e o protetor para criançada brincar ao ar livre.

5) Decoração: vender itens de decoração de carnaval é uma ótima forma de ajudar o seu cliente a se adaptar ao “novo carnaval”, e com isso, fazer/participar de pequenas festas com amigos e familiares.

6) Comida, higiene e limpeza: os itens de higiene e beleza e cuidados pessoais devem ser priorizados, bem como alimentos de preparo rápido e produtos de limpeza para atender as necessidades das festas caseiras ou sociais de salões e clubes.

Divulgação
Planeje uma campanha baseada na celebração e faça a divulgação pelos principais canais de comunicação da empresa. Se possível, também inclua na identidade da marca elementos visuais que façam referência à data. Assim, a loja vai entrar, de fato, em ritmo de carnaval.

Use as redes sociais para mostrar por que o carnaval merece ser comemorado mesmo em casa, e coloque seus produtos e serviços à disposição para isso. Aposte em conteúdos divertidos a fim de se aproximar do público e explorar as possibilidades de aplicação dos seus produtos e serviços. Você pode ainda dar ideias de brincadeiras ou sugerir músicas carnavalescas.Promoções
Ofereça bons descontos e monte kits de produtos para aumentar o ticket médio das compras. Você pode, por exemplo, vender combos de fantasias, maquiagens e até drinks. Capriche nas promoções! Loja física
Carnaval tem que ter alegria e cor. A sua loja é um canal para atrair vendas, por isso, aposte em uma vitrine temática e uma decoração bastante colorida com ornamentos carnavalescos.

Foto Divulgação.