Whatsapp
   jaimebnu@terra.com.br
  • Diversos

Grupos germânicos promovem atividades na Internet. Iniciativas voltadas à preservação da cultura no Médio Vale do Itajaí podem ser conferidas em qualquer parte do mundo nesta semana.

A Associação dos Grupos Folclóricos Germânicos do Médio Vale do Itajaí (AFG) promove até domingo, dia 17 de janeiro, a 6° edição do Tanz+Kurs. Neste ano, por ocasião da pandemia, o evento que se iniciou no dia 10 será 100% digital. Superando as expectativas da organização, a iniciativa já pode ser considerada uma das maiores […]

Publicado em 12/01/2021 às 04:03


A Associação dos Grupos Folclóricos Germânicos do Médio Vale do Itajaí (AFG) promove até domingo, dia 17 de janeiro, a 6° edição do Tanz+Kurs. Neste ano, por ocasião da pandemia, o evento que se iniciou no dia 10 será 100% digital. Superando as expectativas da organização, a iniciativa já pode ser considerada uma das maiores no mundo no campo de formação e fomento de grupos ligados à cultura germânica. Mais informações podem ser obtidos nos endereços eletrônicos disponibilizados pelos organizadores.

O curso obteve mais de 140 inscritos de folcloristas de tradições germânicas distribuídos pela Alemanha, Argentina, Canadá, Estados Unidos, Reino Unido, Suíça e diversos estados do Brasil (RS, SC, PR, RJ, SP e MG). A diretoria da AFG ressalta que tais resultados são uma vitória para a cultura germânica local – esse alcance demonstra a importância do trabalho desenvolvido pela associação na preservação da cultura germânica no Médio Vale do Itajaí, que hoje pode ser conferido em qualquer parte do globo.

A programação contou no dia inaugural com uma roda de conversa com todos os professores que já ministraram o curso e os participantes Angela Paulus (Laisa-Hessen), Stefan Hartmann (Haubern-Hessen), Ida Bartenstein (Geldersheim-Baviera), Oliver Brust, (Geldersheim-Baviera) de 2015; Franz e Karoline Huber (Sankt Valentin-Baixa Áustria) de 2016; Johannes Frank (Stuttgart-Baden Württemberg) e Maria Rettich (Freising-Baviera), de 2017; Sarah e Sönke Thede (Fockbeck-Schleswig Holstein), de 2018; Patrick Welther e Reiner Adam (Heilbronn-Baden Württemberg), de 2019; e Hans Röbl e Helga Wagner (Sandl-Alta Áustria), de 2020. Todos participaram das respectivas casas, na Áustria ou Alemanha, e falaram das lembranças de suas participações e colocaram as experiências nesse período de pandemia. O evento conta com o apoio da Secretaria Municipal de Cultura e Relações Institucionais de Blumenau (SMC). 

Programação

Dia 12 às 18h

Grupos folclóricos e mídias digitais: como transformar o folclore em algo digital – com Cláudia Santana e Heloísa Beckhauser. Sabe-se que agora mais do que nunca as redes sociais têm se transformado em novos palcos. Qual a maneira mais adequada de se portar e exibir os trabalhos nestas plataformas? Mesmo não tendo um certo e um errado, há dicas valiosas e práticas comuns a se aplicar.

Dia 13, às 18h

Movimento Jovem: por que ele aparece tanto nos históricos das danças? – com Erwin Luttmann – Mas o que exatamente é o movimento jovem, e por que ele aconteceu? Além de danças, o que mais fez parte deste movimento? Onde surgiu e por que surgiu? O que levou tantas danças a serem criadas nesse período?

Dia 14 às 18h

Festividades e celebrações da cultura alemã – com Claudia Santana e Hélcio Liesenberg, conhecedores de algumas das grandes festas alemãs, como a Oktoberfest de Munique, por meio da mídia e de pessoas que foram. A festa continua inspirando e influenciando eventos no Brasil, mas além dela existem muitas outras, de vários tamanhos, em vários lugares. A proposta é dar uma olhada mais de perto nelas e ver o que as unem.

Dia 15, às 18h

Histórias dos grupos na América do Norte (com a Gauverband Nordamerika) – Michael Olk. A dança folclórica dos países de língua alemã surgiu no Brasil como uma das diversas manifestações de resgate cultural, sobretudo, nas regiões de forte presença da imigração alemã. Essa imigração ocorreu não somente para o Brasil, mas também para outras partes do mundo. Nesse encontro os participantes poderão saber um pouco mais sobre esse mesmo movimento nos Estados Unidos, bem como a estrutura e a organização dos grupos folclóricos lá instituídos.

Dias 16 e 17 às 16h

Repasse de danças regionais de Hessen – com Angela Paulus e Stefan Hartmann. Os professores convidados para o Tanz+Kurs de 2021 já haviam feito uma seleção de danças. Não podia se desperdiçar esse trabalho, não é mesmo? Os professores farão o repasse e auxiliarão na aprendizagem dessas danças.

Mais informações:

www.afgtanz.org.br/w/tanzkurs-2021-online

www.instagram.com/afgblumenau

www.facebook.com/afg.tanz/