Whatsapp
   jaimebnu@terra.com.br
  • Diversos
  • Saúde

GRIPE A: Blumenau registra terceira morte em decorrência do vírus H1N1.

A vigilância Epidemiológica de Blumenau foi informada no início da tarde desta sexta-feira que a paciente natural de Blumenau que estava internada na Unidade de Tratamento Intensivo no hospital da cidade de Brusque faleceu em decorrência da gripe A. A mulher tinha 60 anos, estava internada desde o dia 28 de março e era moradora do bairro Boa Vista. O município contabiliza atualmente 20 casos confirmados de infecção pelo vírus H1N1, contabilizadas as três mortes.

Publicado em 02/04/2016 às 08:09


GRIPE A: Blumenau registra terceira morte em decorrência do vírus H1N1.

 gripe cartaz

A vigilância Epidemiológica de Blumenau foi informada no início da tarde desta sexta-feira que a paciente natural de Blumenau que estava internada na Unidade de Tratamento Intensivo no hospital da cidade de Brusque faleceu em decorrência da gripe A. A mulher tinha 60 anos, estava internada desde o dia 28 de março e era moradora do bairro Boa Vista. O município contabiliza atualmente 20 casos confirmados de infecção pelo vírus H1N1, contabilizadas as três mortes.

 

As outras duas mortes em decorrência da gripe A foram registradas no último final de semana. Ambos, uma mulher de 48 anos e um homem de 43, estavam internados há cerca de três semanas em UTIs de hospitais da cidade.

 

No momento, Blumenau tem 20 casos confirmados de H1N1, incluído as três mortes dessa semana. Quatro pacientes com a gripe A estão internados em UTI. Os pacientes que seguem internados, com exames positivos para o vírus, tem idades entre 27 e 65 anos, sendo nove mulheres e oito homens. Outros nove pacientes aguardam o resultado do exame. Todos os casos, de acordo com a Vigilância Epidemiológica, suspeitos ou confirmados, estão hospitalizados.

 

A Campanha de Vacinação contra o vírus H1N1, determinada pelo Ministério da Saúde, está programada para começar no Estado em 25 de abril. A Secretaria de Saúde do município ainda estuda formas de adiantar a vacinação, junto ao Ministério e à Secretaria de Estado da Saúde. A prevenção segue sendo uma boa forma de evitar a contaminação pelo vírus. A orientação é de que a população pratique a etiqueta da tosse, evitando lugares fechados e com grande concentração de pessoas, além da lavagem das mãos com freqüência.