Whatsapp
   jaimebnu@terra.com.br
  • Diversos
  • Ocorrências
  • Saúde

Golpe do Falso Médico em Blumenau que liga para os familiares pedindo dinheiro para uma cirurgia urgente.

O Hospital Santo Antônio de Blumenau emitiu um comunicado informando que não faz ligação pedindo dinheiro à familiares. Todo o contato é feito pessoalmente no hospital direto com o familiar. A Polícia Civil investiga o caso. O Hospital pede para que caso algum familiar receba algum tipo de informação ou pedido de cobrança em dinheiro de algum exame via ligação telefônica, que, se possível, anote o máximo de dados do solicitante e repasse para o Setor de Ouvidoria do Hospital Santo Antônio pelo e-mail ouvidoria@hsan.com.br pois este ato se configura como estelionato. Alerta - Não é a primeira vez que esse tipo de golpe é aplicado em hospitais no Brasil, portanto serve de alerta para clientes e seus familiares sobre como proceder numa situação de pedido de depósito de dinheiro por telefone.

Publicado em 16/03/2016 às 12:50


Golpe do Falso Médico em Blumenau que liga para os familiares pedindo dinheiro para uma cirurgia urgente.  O Hospital Santo Antônio de Blumenau emitiu um comunicado informando que não faz ligação pedindo dinheiro à familiares. Todo o contato é feito pessoalmente no hospital direto com o familiar. A Polícia Civil investiga o caso. 

Arte sobre a foto de Jaime Batista (Blog do Jaime)

Arte sobre a foto de Jaime Batista (Blog do Jaime)

 

NOTA DE ESCLARECIMENTO

A Fundação Hospitalar de Blumenau torna público que na data de 14 de março de 2015 ( mas nesta semana do dia 15/03/2016 mais famílias foram alvos dos golpistas), recebeu por parte de familiares de clientes internados na UTI Geral do Hospital Santo Antônio, informações de que um cidadão, se dizendo médico colaborador da unidade hospitalar, estaria ligando para as famílias dos internados e cobrando dinheiro para a realização de exames de tomografia e outros procedimentos não cobertos pelo plano de saúde dos internados.

 

O Hospital Santo Antônio esclarece aos familiares de seus clientes que: todas as informações repassadas sobre o estado de saúde e evolução de seus pacientes são feitas apenas de maneira presencial, portanto, o Hospital pede para que caso algum familiar receba algum tipo de informação ou pedido de cobrança em dinheiro de algum exame via ligação telefônica, que, se possível, anote o máximo de dados do solicitante e repasse para o Setor de Ouvidoria do Hospital Santo Antônio pelo e-mail ouvidoria@hsan.com.br , pois este ato se configura como estelionato.

 

Por prezar pela segurança e bem estar de todos os seus pacientes a Assessoria Jurídica da Fundação Hospitalar de Blumenau já registrou Boletim de Ocorrência junto a Polícia Civil e vai solicitar uma investigação afim de apurar os fatos.
Como já aconteceu em outros hospitais do Brasil, hackers (pessoas que invadem sistemas de computação para obtenção de dados pessoais, bancários e até prontuários de pacientes) possam ter invadido o sistema de prontuário eletrônico do HSA.

 

A Fundação Hospitalar de Blumenau pede desculpas diante do mal entendido, uma vez que se torna a principal vítima deste tipo de estelionato.
O advogado Pedro Cascaes Neto, assessor jurídico do HSA, disse que a gerência geral do Hospital Santo Antônio repudia qualquer ação desta natureza e afirmou que vai instaurar um inquérito administrativo para acompanhar se houve algum funcionário envolvido. “É muito cedo para fazer qualquer tipo de julgamento, no entanto, como os números de telefone usados para as ligações tem prefixos de outros estados, é possível que seja uma quadrilha especializada neste tipo de crime”, comentou o advogado.

 

Alerta
Não é a primeira vez que esse tipo de golpe é aplicado em hospitais no Brasil, portanto serve de alerta para clientes e seus familiares sobre como proceder numa situação de pedido de depósito de dinheiro por telefone.

 

A família do Sr. Silvio Antonio Siqueira quase caiu no golpe do falso médico em Blumenau.

A família recebeu uma ligação falsa pedindo um valor em dinheiro R$ 1.300,00 para uma cirurgia urgente do paciente Sr. Silvio que está internado no Hospital Santo Antônio. Os golpistas sabiam o nome do paciente e a doença que ele tinha. E falaram que se eles não depositassem o dinheiro com urgência para a tal cirurgia o paciente poderia morrer. Os golpistas chegaram a passar uma conta corrente da CEF em nome de Clarindo Tiago CPF: 014.619.241-97 Ag. 0614 Op-13-poupança c/c 00043449-3 dizendo que era o Dr. Clarindo. Este CPF consta como sendo do Mato Grosso.

A família desconfiou e ligou para o hospital e viu que era um golpe. O telefone que eles ligavam era restrito.