Whatsapp
   jaimebnu@terra.com.br
  • Diversos

GMT reorganiza acompanhamento nos semáforos adaptativos de Blumenau. Com avaliação de cada caso, algumas escolas passam a contar com a presença reduzida dos agentes no local, e outras seguem por mais um período de adaptação.

O início das operações com os semáforos adaptativos, em frente às escolas de Blumenau, foi acompanhado pelos agentes de trânsito da Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte (Seterb) desde o início das aulas em 2020. Com 27 semáforos instalados, a Guarda Municipal de Trânsito (GMT) realizou o período de adaptação das crianças e pedestres por […]

Publicado em 10/03/2020 às 08:20


Foto: Divulgação.

O início das operações com os semáforos adaptativos, em frente às escolas de Blumenau, foi acompanhado pelos agentes de trânsito da Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte (Seterb) desde o início das aulas em 2020. Com 27 semáforos instalados, a Guarda Municipal de Trânsito (GMT) realizou o período de adaptação das crianças e pedestres por 30 dias, através de acompanhamento nos horários de entrada e saída de alunos, ajudando no funcionamento do fluxo nas proximidades das escolas, orientando e fazendo travessias.

Além disso, para orientação dos alunos, a Escola Pública de Trânsito (EPT) auxiliou no processo de adaptação atendendo mais de 22 mil crianças nas escolas onde os semáforos adaptativos foram instalados. A EPT teve papel fundamental na orientação das botoeiras sonoras instaladas nos semáforos. 

Agora, com a nova avaliação de cada caso, algumas escolas passam a contar com a presença reduzida dos agentes no local. As demais, onde foi analisada a necessidade, os agentes seguem por mais um período de acompanhamento, seja por conta de obras existentes no local, sinaleiras em fase de adequação ou pela necessidade de adaptação da comunidade.

A Seterb informa ainda que, após a reorganização dos serviços, mesmo sem a presença de agentes de trânsito fixos nas escolas, estarão mantidas as rondas da guarda para detectar eventuais falhas no sistema e manter a fiscalização nas vias.

Central de Controle Operacional (CCO)
Futuramente os semáforos adaptativos serão comandados diretamente pela Central de Controle Operacional (CCO), unidade gerencial e operacional, que será responsável pela recepção de imagens e informações dos semáforos e das vias 24h por dia. A nova estrutura vai contar com uma Central de Tráfego em Área (CTA), um Sistema de Circuito de TV (CFTV) e um sistema de Detecção Automática de Incidentes (DAI). 

Por meio de câmeras de monitoramento, semáforos adaptativos, softwares e pontos críticos do trânsito já mapeados, será possível avançar na segurança viária e na mobilidade, reduzindo a taxa de mortalidade com acidentes. No momento, a CCO segue em processo de montagem e finalização, até sua implementação total e entrega oficial que deve acontecer em junho. 

Confira abaixo as escolas que seguem com a presença da GMT:

– E.E.B. Hercílio Deeke
– E.E.B. Carlos Techentin
– E.B.M. Machado de Assis
– E.E.B. Christoph Augenstein
– E.E.B. Professora Izolete Elisa Gouveia Muller
– E.E.B. Professor Lothar Krieck
– E.E.B. Professor João Widemann
– E.E.B. Professora Áurea Perpétua Gomes
– E.B.M. Prof. Oscar Unbehaun

Assessora de Comunicação: Eduarda Lúcia Loregian
Foto: Divulgação.