Whatsapp
   jaimebnu@terra.com.br
  • Diversos
  • Esportes

Ginasta da AGIN é convocada para defender as cores da Seleção Brasileira.

O trabalho sério sempre acaba recompensado. Essa é uma das filosofias da AGIN e virou prática nesta semana. A equipe de ginástica rítmica de Blumenau recebeu a confirmação da convocação da ginasta Maiara Candido para a Seleção Brasileira de Conjuntos. Desta forma, a AGIN confirma no momento a única representante da cidade de Blumenau a […]

Publicado em 21/06/2019 às 02:31


Foto: Divulgação.

O trabalho sério sempre acaba recompensado. Essa é uma das filosofias da AGIN e virou prática nesta semana. A equipe de ginástica rítmica de Blumenau recebeu a confirmação da convocação da ginasta Maiara Candido para a Seleção Brasileira de Conjuntos. Desta forma, a AGIN confirma no momento a única representante da cidade de Blumenau a defender as cores do país.

A AGIN possui uma história de colaboração com a Seleção Brasileira de Ginástica Rítmica. Esta é a terceira atleta convocada desde o ano de 2012. Os treinamentos ocorrem em Aracaju, no Sergipe. Maiara passou por um período de avaliação e foi incorporada ao elenco devido ao seu excelente rendimento apresentado. Em solo nordestino, a ginasta da AGIN tem a companhia de atletas de diversos estados do Brasil.

Agora o objetivo de Maiara, assim como de todas as demais integrantes da Seleção Brasileira de Conjuntos, está voltado a participação em competições internacionais. Com uma série de treinamentos intensos, a ginasta blumenauense está entusiasmada com o futuro. “Fico muito feliz por estar aqui treinando e representando as cores do nosso país. É um sentimento especial e fantástico. Algo que sonhamos e virou realidade graças ao trabalho e dedicação. Essa é uma conquista não só minha, mas de toda AGIN. É uma vitória coletiva”, afirmou Maiara.

Priscila Hostin, treinadora e gestora da AGIN, avaliou a convocação de Maiara como uma grande vitória do trabalho de todas as ginastas. “Treinamos sem pausa. Não importa se é feriado ou não. O nosso trabalho sempre se volta ao comprometimento de grandes resultados. Essa mentalidade sempre foi bem assimilada por todas as nossas ginastas e é isso que possibilita uma evolução constante de todas. Elas não nascem atletas, mas treinamentos sérios podem torna-las em um grande nível no Brasil e mundo”, concluiu Priscila.

Postado por: Assessoria de Comunicação – AGIN.
Foto: Divulgação.