Whatsapp
   jaimebnu@terra.com.br
  • Diversos

Fórum vai discutir futuro da impressão digital no mercado têxtil, em Blumenau.

Fespa Digital Printing é gratuito e acontece no dia 25 de novembro, às 9h, no hotel Himmelblau. Felipe Simeoni, gerente de marketing e inteligência de mercado da GQM, fala sobre como inovar neste segmento Mercado que movimentou mais de US$ 1,88 bilhão em todo o mundo no último ano, de acordo com a consultoria Smithers […]

Publicado em 22/11/2019 às 12:39


Fespa Digital Printing é gratuito e acontece no dia 25 de novembro, às 9h, no hotel Himmelblau. Felipe Simeoni, gerente de marketing e inteligência de mercado da GQM, fala sobre como inovar neste segmento

Mercado que movimentou mais de US$ 1,88 bilhão em todo o mundo no último ano, de acordo com a consultoria Smithers Pira, a impressão digital têxtil é uma das tendências para o segmento. Segundo a entidade, o uso da técnica cresce exponencialmente e deve representar uma movimentação global de US$ 3,75 bilhões em 2023.

E é sobre este mercado, suas vantagens e desafios, que especialistas irão debater durante o Fespa Digital Printing, fórum gratuito sobre impressão digital que acontece em Blumenau no dia 25 de novembro. O encontro, que ocorre no hotel Himmelblau a partir das 9h, é gratuito e para participar basta se inscrever em www.fespadigitalprinting.com.br/forum.

Para discutir a evolução da produção digital têxtil, a Fespa reúne alguns nomes de peso do setor. Felipe Simeoni, gerente de marketing e inteligência de mercado da Global Química & Moda (GQM) é um dos especialistas que palestra o fórum. Com sede em São Paulo, filial em Blumenau e centrais de vendas em outras cinco regiões do país, a GQM é uma das principais marcas do segmento no Brasil. “A impressão digital não é apenas uma tendência, mas uma oportunidade de negócios. É através dessa técnica que crescem entre as marcas as ações de personalização de peças e de mais facilidade de entrega de produtos sem a necessidade de produção em massa ou grande estoque. Além do tipo de produto, investir em impressão digital significa transformar o método de produção, distribuição e venda, sem abrir mão da qualidade da estamparia”, destaca.

Além de Simeoni, Alexandre Keese, diretor da Fespa Digital Printing, mostrará como o ciclo de produção da indústria da moda ao redor do mundo vem se transformando com novas tendências, processos inovadores e a introdução de tecnologias de impressão digital. Segundo a pesquisa Fespa Print Census, produtos têxteis impressos digitalmente apresentaram crescimento superior a 25% nos últimos quatro anos.

Fotos: Divulgação.