Whatsapp
   jaimebnu@terra.com.br
  • Diversos

Fapesc divulga selecionados para o Programa Nascer em 15 cidades catarinenses. Em #Blumenau, foram escolhidos 9 projetos. Confira a lista abaixo…

Participantes terão cinco meses de atividades, mentorias, palestras e networking para tirarem projetos do papel Iniciativa da Fapesc e Sebrae/SC, o Programa Nascer de pré-incubação de ideias divulga o resultado preliminar dos aprovados no segundo edital. Ao todo, 163 propostas foram selecionadas em 15 cidades catarinenses: Blumenau, Brusque, Caçador, Chapecó, Criciúma, Florianópolis, Itajaí, Jaraguá do […]

Publicado em 27/08/2020 às 08:00


Participantes terão cinco meses de atividades, mentorias, palestras e networking para tirarem projetos do papel

Iniciativa da Fapesc e Sebrae/SC, o Programa Nascer de pré-incubação de ideias divulga o resultado preliminar dos aprovados no segundo edital. Ao todo, 163 propostas foram selecionadas em 15 cidades catarinenses: Blumenau, Brusque, Caçador, Chapecó, Criciúma, Florianópolis, Itajaí, Jaraguá do Sul, Joaçaba, Joinville, Lages, Rio do Sul, São Bento do Sul, Tubarão e Videira.

blumenau.PNG

Agora, durante cinco meses, os participantes passarão por diversas atividades por meio da metodologia exclusiva TXM Business, além de mentorias, palestras e networking. Os projetos serão desenvolvidos dentro do Cocreation Lab, espaços colaborativos, que estimulam a criatividade e o empreendedorismo. Depois, estarão prontos para serem incubados ou receberem investimento.

“Mais uma etapa do Programa Nascer de empreendedorismo inovador está se concretizando. Temos um número expressivo de ideias aprovadas e isso com certeza vai auxiliar na retomada da economia de Santa Catarina nesse período que estamos enfrentando por causa da pandemia da Covid-19. No Programa, os empreendedores poderão estruturar melhor seus planos de negócio, e com isso teremos novas empresas catarinenses no futuro”, celebra Fábio Zabot Holthausen, presidente da Fapesc.

“Recebemos muitas ideias criativas. Agora, os empreendedores passarão por cinco meses intensos de muito aprendizado. Esperamos que ao fim desse período os projetos saiam bem preparados para o mercado, prontos para oferecerem soluções inovadoras a Santa Catarina”, comenta o professor da UFSC e idealizador do Cocreation Lab Luiz Salomão Ribas Gomez.