Whatsapp
   jaimebnu@terra.com.br
  • Diversos

Escola Superior de Cerveja e Malte disponibiliza conteúdos gratuitos nas redes sociais.

Lives nas redes sociais terão professores da única instituição de ensino superior especializada em cerveja da América Latina falando sobre temas como lúpulo, malte e atitudes das cervejarias em tempos de pandemia Diante ao isolamento social imposto à grande parte da população por conta da pandemia do Covid-19, buscar conhecimento profissional é um caminho adotado […]

Publicado em 26/03/2020 às 07:00


Foto: Divulgação.

Lives nas redes sociais terão professores da única instituição de ensino superior especializada em cerveja da América Latina falando sobre temas como lúpulo, malte e atitudes das cervejarias em tempos de pandemia

Diante ao isolamento social imposto à grande parte da população por conta da pandemia do Covid-19, buscar conhecimento profissional é um caminho adotado por muita gente. Para quem trabalha ou tem a pretensão de atuar no mercado cervejeiro, a única instituição de ensino superior da América Latina especializada na bebida terá conteúdos inéditos a partir desta semana. A Escola Superior de Cerveja e Malte vai realizar todas as semanas, de terça a quinta-feira, lives nas redes sociais com professores abordando conteúdos que são trazidos em sala de aula.

A primeira live acontece nesta quinta-feira (26) e terá como tema lúpulo. O professor será o pesquisador da ESCM, Duan Ceolla. Já na próxima terça-feira (31), Marcos Odebrecht vai trazer conteúdo técnico sobre malte. A programação acontece no Instagram @cervejaemalte a partir das 10h.

As quartas-feiras serão reservadas para webinars sobre temas do momento. O primeiro, claro, será a respeito de atitudes que as cervejarias podem ter para minimizar os impactos da pandemia do novo coronavírus. Será na quarta-feira (1º), também às 10h. A conversa será com o diretor da ESCM, Carlo Bressiani e Paulo Schiavetto. Para este conteúdo, é necessário fazer a inscrição gratuita pelo link: https://bit.ly/webinar0104.

De acordo com Bressiani, o intuito é levar conteúdo gratuito para quem está tentando ocupar o tempo livre com conhecimento. “Compartilhar é o que move a ESCM. Neste momento, entendemos que a educação é uma ferramenta para quem consegue dedicar tempo à formação ou a um hobby, como beber ou produzir cerveja em casa”, diz.

Turma da ESCM definiram cronograma

Aulas presenciais da Escola aconteciam em Blumenau (SC), Curitiba (PR), Belo Horizonte (MG) e São Paulo (SP). A instituição optou pelo diálogo com cada turma para a definição do seu cronograma: algumas seguem com conteúdo online e ao vivo com o professor, outras revisarão o calendário depois do retorno das atividades. 

Foto: Divulgação.