Whatsapp
   jaimebnu@terra.com.br
  • Diversos

Empresa de tecnologia de #Blumenau registra crescimento em meio à pandemia e tem vagas em aberto.

Para suprir a demanda do mercado, a GovernarTI busca técnicos e líderes de TI para atuação no município Com resultados bem diferentes da maioria dos setores durante a pandemia, a GovernarTI ganhou espaço e mercado, registrando crescimento em um momento incomum que o País e mundo vivem. Segundo a IDC, empresa líder em inteligência de […]

Publicado em 06/04/2021 às 02:58


Para suprir a demanda do mercado, a GovernarTI busca técnicos e líderes de TI para atuação no município

Com resultados bem diferentes da maioria dos setores durante a pandemia, a GovernarTI ganhou espaço e mercado, registrando crescimento em um momento incomum que o País e mundo vivem. Segundo a IDC, empresa líder em inteligência de mercado de tecnologia da informação, o Brasil é o 4° maior centro de TI do mundo e Blumenau é um dos maiores polos de TI de Santa Catarina, concentrando as melhores empresas de tecnologia, que estão à procura de profissionais para integrarem suas equipes. Para suprir a demanda, a GovernarTI busca técnicos de TI, de instalação de alarme e CFTV e segurança do trabalho, além de suporte N1, líder de campo e almoxarife. Os interessados devem encaminhar o currículo para vagas@governarti.com.br.

Como requisitos para as vagas de TI, a empresa pede que os profissionais tenham conhecimento em manutenção de hardware e software, Windows e Linux, pacote Office e Office 365. O diretor técnico da GovernarTI, Leonardo Schmidt Junior, diz que o interessado precisa ter experiência anterior com infraestrutura de TI e curso técnico em tecnologia da informação e eletrônica. O início é imediato”, comenta Junior.

“Além de dar suporte de infraestrutura aos clientes da empresa, o colaborador precisará responder aos chamados no sistema e reestabelecer os serviços nas estações de trabalho, microcomputadores, impressoras, notebooks e monitores dos clientes da GovernarTI. No processo de preenchimento das vagas, graduação em sistemas de informação, ciência da computação ou áreas afins será considerada um diferencial”, finaliza o diretor técnico da GovernarTI.

Foto de Leo Laps.