Whatsapp
   jaimebnu@terra.com.br
  • Diversos

Em home office, das 12h às 19h, Judiciário de SC atende sociedade por e-mails e telefones

O colapso no sistema de saúde provocado pela pandemia da Covid-19 fez com que o Poder Judiciário de Santa Catarina (PJSC) voltasse a modalidade de trabalho a distância, o home office. Assim, o atendimento presencial está suspenso no Tribunal de Justiça e nas 111 comarcas espalhadas pelo Estado. A partir desta quinta-feira (25/2) e até […]

Publicado em 26/02/2021 às 08:10


O colapso no sistema de saúde provocado pela pandemia da Covid-19 fez com que o Poder Judiciário de Santa Catarina (PJSC) voltasse a modalidade de trabalho a distância, o home office. Assim, o atendimento presencial está suspenso no Tribunal de Justiça e nas 111 comarcas espalhadas pelo Estado.

A partir desta quinta-feira (25/2) e até o dia 12 de março, incialmente, a sociedade pode contatar os serviços do Judiciário catarinense, das 12h às 19h, pelos e-mails, telefones e no próprio endereço eletrônico do Judiciário catarinense. Magistrados e servidores continuarão trabalhando de suas residências e com a comprovada produtividade reconhecida pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), em 2020.

Nas últimas semanas, aumento no número de pacientes graves fez o índice de ocupação dos hospitais de Santa Catarina alcançar a marca superior aos 90% nas UTIs. Tanto que nas últimas 24h, 71 pessoas morreram no Estado vítimas da Covid-19. Isso eleva o total de óbitos para 7.114, desde o início da pandemia em março de 2020.

Com o objetivo de colaborar com o distanciamento social, o jurisdicionado tem basicamente duas formas de entrar em contato com os serviços da Justiça de SC. Para quem tem acesso à internet, acessar o link fale conosco para obter o e-mail ou o telefone da unidade desejada. Quem não tem acesso ou reside em região sem o serviço digital, existe a opção de ligar no (48) 3287-1000, que é a Central de Informações. Na Central, a sociedade tem as informações relativas aos serviços judiciários, com a indicação dos setores competentes para o atendimento das demandas.