Whatsapp
   jaimebnu@terra.com.br
  • Diversos

DÚVIDAS SOBRE AUXÍLIO EMERGENCIAL: Solicitou o auxílio emergencial pelo aplicativo e ele está em situação de “Análise”? Saiba o porquê!

Solicitou o auxílio emergencial pelo aplicativo e ele está em situação de “Análise”? Saiba o porquê! Desde a semana passada, quando o Governo Federal liberou o site e o aplicativo para os trabalhadores informais solicitarem o auxílio emergencial de R$ 600,00, que será repassado durante três meses, muitas dúvidas acerca do assunto surgiram. O governo […]

Publicado em 15/04/2020 às 02:08


Solicitou o auxílio emergencial pelo aplicativo e ele está em situação de “Análise”? Saiba o porquê!

Desde a semana passada, quando o Governo Federal liberou o site e o aplicativo para os trabalhadores informais solicitarem o auxílio emergencial de R$ 600,00, que será repassado durante três meses, muitas dúvidas acerca do assunto surgiram.

O governo anunciou que os pagamentos já iniciaram, no entanto, usuários reclamam que não estão recebendo os depósitos dos valores e o aplicativo da Caixa demora para analisar a situação do novo cadastrado. Além do impedimento causado pela situação irregular do CPF, muitos ainda não sabem se poderão receber o benefício pois ao abrir o aplicativo ou o site encontram a sua inscrição “em análise“. 

Entre os dias 7 e 10 de abril, 23 milhões de requerimentos foram analisados pela Dataprev. Neste primeiro lote de informações mais de 16,4 milhões de pessoas foram consideradas aptas para receber o benefício. Os dados são enviados no período da noite e recebidos pela Caixa durante a manhã. De acordo com a Dataprev, as informações do primeiro lote devem chegar à Caixa na manhã desta quarta-feira (15) para que os pagamentos comecem a ser liberados.

Para saber se você está apto a receber o benefício basta conferir no site https://auxilio.gov.br ou aplicativo a situação do seu cadastro. Lá você vai descobrir se o auxílio está sendo avaliado, se foi concedido ou negado. Caso apareça a mensagem “em análise”, o cidadão deve aguardar pois os dados ainda estão sendo processados. Não há necessidade de realizar um novo cadastro.

Para evitar aglomerações nas agências e unidades lotéricas a Caixa divulgou na terça-feira (14) o calendário para que os beneficiários cadastrados no aplicativo do Auxílio Emergencial possam sacar o valor em dinheiro nos terminais. Para realizar o saque o beneficiário deverá se dirigir a um caixa eletrônico ou casa lotérica, sem necessidade de cartão, mas com documento de identificação.

A Caixa salienta que o saque do benefício não é obrigatório uma vez que o valor será depositado em poupança digital e pode ser movimentado para contas de qualquer banco via transferência sem custo nenhum por 90 dias. O valor pode ser movimentado pelo aplicativo “Caixa Tem”, que permite também o pagamento de boletos e contas domésticas.

Os saques da 1ª parcela serão liberados conforme o mês de nascimento da pessoa, nas seguintes datas:

27 de abril – para nascidos entre janeiro e fevereiro;

28 de abril – para nascidos entre março e abril;

29 de abril – para nascidos entre maio e junho;

30 de abril – para nascidos entre julho e agosto;

04 de maio – para nascidos entre setembro e outubro;

05 de maio – para nascidos entre novembro e dezembro.

Já a 2ª parcela será liberada nos mesmos dias, ou seja, o cadastrado no Auxílio Emergencial pelo aplicativo poderá sacar R$ 1.200,00 (duas parcelas) nos dias:

27 de abril para nascidos em janeiro, fevereiro e março;

28 de abril para nascidos em abril, maio e junho;

29 de abril para nascidos em julho, agosto e setembro;

30 de abril para nascidos em outubro, novembro e dezembro.

Bolsa Família: o pagamento de maio será feito entre os dias 18 e 29.

A 3ª parcela do benefício será liberada para saques no fim de maio, segundo o calendário:

26 de maio para nascidos em janeiro, fevereiro e março;

27 de maio para nascidos em abril, maio e junho;

28 de maio para nascidos em julho, agosto e setembro;

29 de maio para nascidos em outubro, novembro e dezembro.

Bolsa Família: o pagamento se dará somente em junho, entre os dias 17 e 30.

Uma delas é porque quando o trabalhador se cadastra no app ou site e coloca os seus dados 

MUITO EMBORA TODOS ESTEJAM NECESSITADOS E ANGUSTIADOS POR ESSA ANÁLISE E MAIS AINDA PELO RECEBIMENTO DO VALOR DO AUXILIO EMERGENCIAL, A CAIXA E A DATAPREV SÃO ENFATICAS EM INFORMAR QUE À PARTIR DO MOMENTO EM QUE FOREM COMPROVADO O DIREITO AO BENEFICIO O PAGAMENTO SERÁ LIBERADO.

Todos temos que ter fé, esperança e um pouquinho mais de paciência!

Fonte: google; acheconcursos.com.br; caixa.gov.br

Créditos: Dra Taiza Noelli de Melo Schmitz, advogada, OAB/SC 51.875, advogada na área da família e trabalhista.