Whatsapp
   jaimebnu@terra.com.br
  • Diversos
  • Esportes

Duelo de líderes na Superliga B de Vôlei. Botafogo e APAN Vôlei Blumenau se enfrentam na noite desta quarta-feira no Rio de Janeiro.

Nem deu tempo para respirar. A equipe da APAN Vôlei retornou de Anápolis na noite de domingo, treinou dois períodos na última segunda-feira e embarcou na madrugada desta terça para o Rio de Janeiro. Na noite de quarta volta à quadra. Desta vez contra o Botafogo. O confronto dos líderes começa às 19 horas, no Ginásio Oscar Zelaya. A partida é decisiva para as pretensões dos dois times. Quem vencer praticamente assegura a primeira colocação na fase de classificação. São os únicos invictos na Superliga B. A APAN tem ligeira vantagem, pois só perdeu um set até aqui. Soma 15 pontos e o Botafogo vem logo abaixo, com 13. Foto Apan Volei.

Publicado em 27/02/2019 às 08:24


Duelo de líderes na Superliga B de Vôlei. Botafogo e APAN Vôlei Blumenau se enfrentam na noite desta quarta-feira no Rio de Janeiro.

Foto Apan Volei

Nem deu tempo para respirar. A equipe da APAN Vôlei retornou de Anápolis na noite de domingo, treinou dois períodos na última segunda-feira e embarcou na madrugada desta terça para o Rio de Janeiro. Na noite de quarta volta à quadra. Desta vez contra o Botafogo. O confronto dos líderes começa às 19 horas, no Ginásio Oscar Zelaya.

A partida é decisiva para as pretensões dos dois times. Quem vencer praticamente assegura a primeira colocação na fase de classificação. São os únicos invictos na Superliga B. A APAN tem ligeira vantagem, pois só perdeu um set até aqui. Soma 15 pontos e o Botafogo vem logo abaixo, com 13.

A antecipação da rodada para o meio de semana, aliado ao fato de também ser fora de casa, forçou a comissão técnica a mudar a preparação. Teve carga de treino baixa, com musculação e trabalho técnico para quem jogou menos em Anápolis. “Mas nesse momento, o mais importante, é a preparação mental para enfrentar o Botafogo”, comentou, acrescentando que o grupo encara o duelo como uma grande final, faltando apenas duas rodadas para o término da fase classificatória.

Donegá espera encontrar um adversário difícil. O time carioca joga com muita velocidade, com dois ponteiros muito rápidos e os de meio recebendo muitas bolas. Mesmo com a ausência do oposto Lorena, desqualificado no último jogo. O Botafogo conta com um substituto a altura, também canhoto e de grande estatura. O saque forte é outra arma poderosa dos botafoguenses, além de jogar dentro de casa. “Nossa proposta é fazer pontos fora de casa”, resumiu o técnico blumenauense.

No Rio, a APAN treinou no final da tarde desta terça e faz um último trabalho na manhã de quarta, poucas horas antes da partida decisiva.