Whatsapp
   jaimebnu@terra.com.br
  • Diversos

Defesa Civil atende ocorrências na tarde desta terça-feira. Situação mais grave foi registrada na Escola Agrícola, onde escola foi atingida e sofreu destelhamento parcial da unidade.

Em virtude da chuva e vento ocorrido no início da tarde desta terça-feira, dia 7, a Defesa Civil do município recebeu alguns chamados nos bairros da Velha, Escola Agrícola e também na Ponta Aguda. Dentre as ocorrências, uma situação mais grave foi registrada na Escola Básica Municipal Professora Norma Dignart Huber, onde a unidade foi […]

Publicado em 07/01/2020 às 06:47


Foto: Divulgação.

Em virtude da chuva e vento ocorrido no início da tarde desta terça-feira, dia 7, a Defesa Civil do município recebeu alguns chamados nos bairros da Velha, Escola Agrícola e também na Ponta Aguda.

Dentre as ocorrências, uma situação mais grave foi registrada na Escola Básica Municipal Professora Norma Dignart Huber, onde a unidade foi atingida por fortes rajadas de vento, ocasionando em um destelhamento parcial. Entretanto, a Secretaria Municipal de Educação (Semed) já tomou as devidas providências e acionou a empresa responsável pela manutenção das unidades educacionais, que de forma paliativa, colocou uma lona para proteger o local em caso de novas chuvas.  

De acordo com a Semed, a partir de quarta-feira, começa a ser feita uma avaliação na unidade, para verificar o que de material precisará ser reposto. Porém, segundo a primeira avaliação, o dano principal aparente foi o destelhamento.

Mais ocorrências

Além desta situação no bairro Escola Agrícola, outras ocorrências foram atendidas pela Defesa Civil. Na Rua Marechal Deodoro da Fonseca, há uma árvore oferecendo perigo; na Rua México, foi registrada a queda de muro; na Rua Carlos Krummenaur,  nº185, há uma árvore oferecendo perigo e mais uma situação de queda de muro na Rua Jorge Luiz Gomes.

Assessor de Comunicação: Fernando Gonzaga.
Foto: Divulgação.