Whatsapp
   jaimebnu@terra.com.br
  • Diversos

Com investimento de R$ 165 milhões, governador Carlos Moisés inaugura duplicação da rodovia Antônio Heil

Transitar entre Itajaí e Brusque está mais rápido, fácil e seguro. A duplicação da rodovia Antônio Heil foi entregue na tarde desta segunda-feira, 19, em um ato com a presença do governador Carlos Moisés, da vice-governadora Daniela Reinehr e do secretário de Estado da Infraestrutura e Mobilidade, Thiago Vieira. O investimento para ampliar os 20,9 […]

Publicado em 19/10/2020 às 06:51


Fotos: Mauricio Vieira/Secom

Transitar entre Itajaí e Brusque está mais rápido, fácil e seguro. A duplicação da rodovia Antônio Heil foi entregue na tarde desta segunda-feira, 19, em um ato com a presença do governador Carlos Moisés, da vice-governadora Daniela Reinehr e do secretário de Estado da Infraestrutura e Mobilidade, Thiago Vieira. O investimento para ampliar os 20,9 quilômetros de um dos principais corredores logísticos de Santa Catarina foi de R$ 165,5 milhões.

Demanda de décadas, a duplicação da Antônio Heil (SC-486) representa um importante incremento na infraestrutura do Vale do Itajaí.  A ampliação da capacidade da rodovia começou em 2015 e sofreu com paralisações e demora de gestões anteriores. O ritmo se acelerou de vez na metade de 2019, quando as obras foram retomadas.

Na cerimônia de inauguração, o governador Carlos Moisés relembrou que a infraestrutura sempre esteve entre as prioridades desta gestão desde o início do governo. Por isso, a Secretaria de Infraestrutura foi demandada para dar continuidade a todas as obras paralisadas em gestões anteriores. No caso da Antônio Heil, houve pedido para que os trabalhos fossem acelerados, a fim de agilizar essa importante entrega para o Vale.

“Sempre que nós trazemos segurança para regiões em que a logística tem um alto custo, nós diminuímos o custo Brasil e trazemos o desejo de se investir cada vez mais no nosso Estado e nessa região. Com uma rodovia duplicada, nossos produtos e empresas se tornam mais competitivos. Eu costumo dizer que a infraestrutura é o carro-chefe do nosso Governo, pois, por meio dela, nós conseguiremos mais segurança, saúde e educação”, afirma o governador.

Na avaliação do secretário Vieira, a duplicação trará ainda mais desenvolvimento para a região. Ele lembra que o Vale do Itajaí, embora já seja uma das regiões com melhor qualidade de vida do Estado, não foi esquecido pela atual gestão, que também retomou os trabalhos de revitalização da rodovia Jorge Lacerda, que liga Blumenau à BR-101.

“Nós podemos falar em alto e bom tom que nenhuma região está carente de atenção no Governo Moisés. Aqui no Vale, tanto a Antônio Heil quanto a Jorge Lacerda estão recebendo a atenção que merecem. Estamos fazendo da infraestrutura uma mola propulsora do desenvolvimento do nosso Estado”, aponta Vieira

Os deputados estaduais Paulinha e Onir Mocellin acompanharam o ato em Itajaí e destacaram que a obra foi executada conforme o projeto executivo concebido na gestão anterior, com algumas melhorias visando a mobilidade das comunidades lindeiras. Os parlamentares salientaram que novas intervenções precisam ocorrer para evitar o isolamento de alguns bairros e o melhor fluxo na intersecção com a BR-101, porém, o nó logístico foi desatado.

“A rodovia agora está segura, principalmente em alguns trechos que estavam escuros e sem acabamento. Nós sabemos do esforço que o Governo do Estado fez para cumprir o projeto. Existem algumas melhorias que precisam ser feitas, e o Governo já se comprometeu com a comunidade. O que estava no projeto foi cumprido graças às economias do Estado. Para quem vai de Itajaí a Brusque hoje a segurança está muito grande, com a rodovia totalmente duplicada e sinalizada”, afirma Mocellin.


População agradece ampliação da capacidade

A conselheira tutelar Vanderleia Suavi, de 46 anos, mora em Guabiruba e utiliza a rodovia Antônio Heil desde a infância. Ela diz ter acompanhado de perto a transformação pela qual passou a estrada e conta que o trabalho de duplicação facilitou muito a vida dos motoristas.

“Eu vi essa transformação acontecer e foi uma obra muito bem feita. O momento é de agradecer ao Poder Público, que se manifestou e está ajudando o povo desta região. Antes nós levávamos uma hora e meia ou até duas horas para chegar à BR-101, pois havia muito trânsito, em especial de caminhões, e agora melhorou 100% com a duplicação. Ficou tudo muito fácil e rápido”, conta a moradora de Guabiruba.

Na visão do caminhoneiro Luiz Henrique Mosson, morador de Itajaí, trafegar por uma rodovia duplicada significa mais agilidade e segurança. Ele conta fazer com frequência o trajeto entre as duas cidades, já que a cidade da empresa em que trabalha fica em Brusque.

“Eu conheço essa rodovia antes de ser duplicada e agora após o trabalho de duplicação. Posso dizer que melhorou muito, principalmente na questão do fluxo de veículos. Antes havia muitos acidentes, pois existiam umas curvas um pouco perigosas. A via duplicada facilita bastante, pois diminui as filas, você perde menos tempo e  pode dirigir um pouco mais tranquilo”, conta Mosson.