Whatsapp
   jaimebnu@terra.com.br
  • Diversos

CineArte volta renovado em com parcerias qualificadas. A sessão desta segunda-feira será acompanhada por música ao vivo com a pianista Ligia Stein, do Espaço Kan.

O Cinearte retorna em março com atrações resultantes de parcerias firmadas pela Secretaria Municipal de Cultura e Relações Institucionais (SMC) com instituições, apoiadores e consulados. Com esta iniciativa, os amantes da sétima arte poderão assistir nas noites de segundas-feiras, às 19h, no Cine Teatro Edith Gaertner, preciosidades do cinema mundial. A entrada é franca. O […]

Publicado em 19/02/2020 às 05:31


Foto: Divulgação.

O Cinearte retorna em março com atrações resultantes de parcerias firmadas pela Secretaria Municipal de Cultura e Relações Institucionais (SMC) com instituições, apoiadores e consulados. Com esta iniciativa, os amantes da sétima arte poderão assistir nas noites de segundas-feiras, às 19h, no Cine Teatro Edith Gaertner, preciosidades do cinema mundial. A entrada é franca.

O produtor cultural e entusiasta do cinema Sávio Abi-Zaid trará ao longo do ano, sessões diferenciadas com projetores antigos e filmes que mostram cenas cotidianas do século XIX no Vale do Itajaí. A sessão desta segunda-feira, dia 2 de março, será acompanhada por músicas de fundo interpretadas pela pianista Ligia Stein, do Espaço Kan.

Na segunda semana, a Aliança Francesa chega com uma parceria do cinema produzido no país europeu. Os filmes selecionados contam histórias e discutem temas propostos para cada mês. O Sesc também continua parceiro do Cinearte e trará novidades dos filmes brasileiros e estrangeiros. Outra novidade do Cinearte neste ano é a distribuição de pipoca ao público durante as exibições.

Programação

2 de março

Cinema Mudo com Pipoca – Filmes com cenas do cotidiano do Vale do Itajaí no Século XIX. Exibição com projetores antigos

9 de março

Cinema Francês – Parceria com a Aliança Francesa – Filme: Oito Mulheres. (90min – Livre)

Sinopse: A socialite Gaby (Catherine Deneuve) vai para a casa de campo para aparentemente passar o Natal com o marido Marcel (Dominique Lamure), sua mãe (Danielle Darrieux), sua irmã Augustine (Isabelle Huppert) e suas filhas, Suzon (Virginie Ledoyen) e Catherine (Ludivine Sagnier). Logo após sua chegada, Louise (Emmanuelle Béart), a nova camareira, acha Marcel com uma faca cravada nas costas. Todas têm motivos para querer sua morte, inclusive Chanel (Firmine Richard), uma cozinheira que está na casa há bastante tempo e a novata Louise. Elas não podem chamar a polícia, pois os fios do telefone foram cortados, e algo fez o mesmo com os fios do carro, para impedir que partissem. Misteriosamente, vindo de carona, chega Pierrette (Fanny Ardant), a cunhada de Gaby, que também tinha motivos para matar o irmão. Elas se vêem forçadas a se confrontar, com muitos ressentimentos e verdades vindo à tona enquanto tentam elucidar o que está acontecendo.

16 de março

O menino no espelho – Parceria Sesc (78min – Livre)

Sinopse: Belo Horizonte, anos 1930. Fernando (Lino Facioli) é um garoto de 10 anos que está cansado de fazer as coisas chatas da vida. Seu sonho era criar um sósia, que ficasse com estas tarefas enquanto ele poderia se divertir à vontade. Até que um dia é exatamente isto que acontece, quando o reflexo de Fernando deixa o espelho e ganha vida.

23 de março

Curtas Brasileiros – Parceria Sesc (60min – Livre)

Sinopse: A câmera de João – A partir da relação com o avô fotógrafo, João é um menino que descobre a fotografia como uma forma de descobrir sentimentos. Certa vez, o menino encontra uma caixa com fotos reveladas que registram a cidade, sua família, entes queridos, passado e presente. Essa descoberta faz com que João perceba seu amor pela fotografia.

Sinopse: Vivi Lobo e o quadro mágico – Vivi Lobo é zombada pelos colegas da escola por conta do seu nome. Mas quando ela descobre uma porta mágica em seu quarto, começa dentro dela um processo que mudará a forma de ver a situação.

30 de março

Era do Hotel Cambridge – Parceria Sesc (94min – 12 anos)

Sinopse: Refugiados recém-chegados ao Brasil dividem com um grupo de sem-tetos um velho edifício abandonado no Centro de São Paulo. Além da tensão diária que a ameaça de despejo causa, os novos moradores do prédio terão que lidar com seus dramas pessoais e aprender a conviver com pessoas que, apesar de diferentes, enfrentam juntos a vida nas ruas.

Local: Cine Teatro Edith Gaertner (Rua XV de Novembro, 161, Centro)

Horário: 19h

Entrada franca

Assessor de Comunicação: Sérgio Antonello 
Foto: Divulgação.