Whatsapp
   jaimebnu@terra.com.br
  • Diversos
  • Trânsito

Catarinenses pedem Socorro pela rodovia BR470. É o Movimento SOS 470.

Jéssica Duarte representa o Movimento SOS 470 e os Catarinenses que unidos vêm através deste documento fazer um "Pedido Oficial de Socorro às Autoridades do Governo Federal". LINK DO ABAIXO: www.SOS470.com.br Estamos presentes em todas as redes sociais, Twitter, Facebook e Whatsapp. A região de Blumenau, uma das mais ricas e produtivas do Estado encontra-se um caos total, os precários trevos e entradas das cidades de Timbó, Gaspar, Pomerode e Indaial acabam sofrendo diariamente com a lentidão de menos de 40KM/H na rodovia, gerando congestionamentos desde cedo, todos os dias. A situação esta ficando inconcebível. Chegará o dia em que os Catarinenses não poderão mais "turistar" em seu próprio estado, deixando de utilizar o litoral como opção de férias pois chega-se à levar 5 horas para percorrer um trecho de apenas 200Km.

Publicado em 07/02/2017 às 07:02


Catarinenses pedem Socorro pela rodovia BR470. É o Movimento SOS 470.

Venho através deste email, deixar um convite muito especial e explicar um pouco mais sobre o Movimento SOS 470.
 
Sabendo a insatisfação de todos os catarinenses que se utilizam da BR470, iniciamos nosso Movimento SOS 470 com objetivo de centralizar as reclamações e criar uma única voz à ser ouvida em Brasília, lutando pela manutenção e duplicação da BR470.
 
Nosso estado vem sofrendo à muitas décadas devido ao abandono da União, a falta de investimentos resultou em um Estado sem infraestrutura, um estado que foi esquecido perante o Governo Federal. Os poucos aeroportos estão com sua capacidade estrangulada, nossos portos estão sucateados e nossas rodovias estão se desmanchando perante nossos olhos, não somente a BR470.
 
Então porque lutar pela BR470? Entendemos que esta rodovia é uma das mais importantes do Estado, pois serve de braço para diversas cidades, escoando a produção do Oeste catarinense até o litoral, cortando nosso Estado ao meio, aumentando assim a importância desta rodovia BR470.
 
Sabemos que a luta é grande e o desafio será de um longo caminho, entretanto não podemos nos calar sabendo que nosso modelo econômico corre o risco de vir a falir em poucos anos, pois nossa competitividade de logística esta diminuindo, nosso Estado já tem um custo de logística mais alto do que os demais estados brasileiros.
 
Pensando nisso, criamos o Movimento SOS 470 para unir as vozes que hoje estão espalhadas por mais de 19 cidades por onde a BR470 passa. Estamos buscando parcerias com diversas pessoas, em todas as cidades, estamos contando com ajuda de algumas entidades como Rotary Club, ACIRS, entre outros empresários da região. Vale ressaltar que nosso movimento é suprapartidário.
 
Além de criarmos uma única voz, também estamos coletando assinaturas através de um ABAIXO ASSINADO ONLINE, onde vamos poder mensurar números e assim pressionar os governantes a tomarem ações de urgência.
 
LINK DO ABAIXO: www.SOS470.com.br
 
Estamos presentes em todas as redes sociais, Twitter, Facebook e Whatsapp.
 
Gostaríamos de contar com a sua ajuda, seja por meio de divulgação, doação de valores ou quaisquer outras formas de divulgação.
 
Acreditamos no lema: “Juntos somos mais fortes”. Santa Catarina precisa de nós.
 
Qualquer dúvida, estou a disposição!
 
Abraços
 

Meu nome é Jéssica Duarte e representando o Movimento SOS 470 e os Catarinenses que unidos vêm através deste documento fazer um “Pedido Oficial de Socorro às Autoridades do Governo Federal”.

O Estado Santa Catarina experimenta um grave aprofundamento de suas desigualdades regionais. Fruto, sobretudo, do cenário de abandono de sua infraestrutura de transportes. A calamidade, há muito está instalada em nossas rodovias federais. Este grito, em especial, destina-se à principal rodovia de ligação de Santa Catarina: a BR-470/SC.

Uma das mais violentas estradas federais (uma pessoa morre a cada 3 dias), outrora artéria do desenvolvimento, aguarda pelas promessas de duplicação e concessão desde o fim dos anos de 1990. As obras de ampliação da capacidade entre Navegantes e Indaial, iniciadas em 2013, deveriam ser concluídas em 2017. Até agora nenhum metro de asfalto foi adicionado nem as desapropriações aconteceram.

A logística do estado está comprometida, estamos perdendo competitividade perante os demais estados brasileiros, o custo médio de transporte já está acima da média. Se nada for feito, nossa economia tende a minguar ou até mesmo quebrar em pouco menos de uma década. O modelo de negócio de SC corre o risco de falência e assim acaba por engrossar a lista de Estados quebrados.

A região de Blumenau, uma das mais ricas e produtivas do Estado encontra-se um caos total, os precários trevos e entradas das cidades de Timbó, Gaspar, Pomerode e Indaial acabam sofrendo diariamente com a lentidão de menos de 40KM/H na rodovia, gerando congestionamentos desde cedo, todos os dias. A situação esta ficando inconcebível. Chegará o dia em que os Catarinenses não poderão mais “turistar” em seu próprio estado, deixando de utilizar o litoral como opção de férias pois chega-se à levar 5 horas para percorrer um trecho de apenas 200Km.

O Movimento SOS 470 vem buscando unir forças entre os catarinenses e os usuários da Rodovia BR 470 para despertar atenção das autoridades.

Ai em Brasília, alguém irá reagir?