Whatsapp
   jaimebnu@terra.com.br
  • Diversos

Casa é incendiada em Blumenau e ex-marido é suspeito

A guarnição da Polícia Militar foi acionada via central regional de emergência para atender uma ocorrência de incêndio criminoso na Rua João José Garcia Júnior, Bairro Velha Central, por volta 14h deste domingo, dia 28. No local, durante a chegada da guarnição já foi possível visualizar a casa em chamas, aglomeração de pessoas, sendo que […]

Publicado em 29/11/2021 às 06:00


A guarnição da Polícia Militar foi acionada via central regional de emergência para atender uma ocorrência de incêndio criminoso na Rua João José Garcia Júnior, Bairro Velha Central, por volta 14h deste domingo, dia 28.

No local, durante a chegada da guarnição já foi possível visualizar a casa em chamas, aglomeração de pessoas, sendo que uma delas estava machucada e os bombeiros tentando controlar o incêndio. Enquanto isso várias pessoas rodearam a guarnição e afirmaram que o autor do incêndio era a pessoa que estava machucada, afirmaram também que ele foi agredido por pessoas desconhecidas, não sabendo informar quem eram os autores, mas diziam que viram ele atear fogo na casa que era sua ex mulher.

Com o princípio de tumulto e na tentativa de resguardar a pessoa agredida/ferida foram orientados a manterem distância, para não atrapalhar o trabalho dos bombeiros e dos policiais militares, não sendo possível naquele momento qualificar os envolvidos.

Posteriormente, com a chegada de outra guarnição, foi possível retirar o homem machucado do local para que os bombeiros realizassem os primeiros atendimentos. Quando a situação se normalizou a guarnição PM foi informada que no caminhão do machucado havia arma de fogo e dinheiro, diante dessa informação foi realizado uma busca no caminhão, não sendo localizado a arma de fogo. Porém os objetos encontrados foram: ” Dinheiro – R$.568,00 (quinhentos e sessenta e oito reais), Cartão de crédito/débito – 3 Unidade, Documento do veículo CRLV, Chave – 8 Unidade e uma carteira de cor preta”.

A guarnição começou a tomar ciência dos fatos sendo informado por uma testemunha que estavam numa festa na casa de uma amiga quando chegou um homem com outras duas pessoas desconhecidas. O homem fez ameaças para a proprietária da residência, querendo começar uma confusão, tendo em vista era sua ex esposa e achava que ela estava com outro homem na festa.

As pessoas saíram da festa e quando retornaram viram que a casa estava em chamas. O homem estava ensanguentado, foi informado que ele foi agredido por populares, não sabendo informar quem é o autor das agressões.

Nisso foi acionado polícia, Bombeiros e aguardaram a PM para que ele não fugisse. Foi informado a guarnição que a vítima e proprietária da residência havia se deslocado a Central de polícia por meios próprios.

Posteriormente foi informado que a pessoa machucada era o possível autor dos fatos e foi encaminhado ao hospital Santa Isabel devido os ferimentos.

Diante dos fatos narrados acima a guarnição deslocou até a Central de polícia e conversou com a vítima, a qual confirmou os fatos que foi seu ex marido que colocou fogo pois o caminhão pequeno já não estava mais, se tivesse, teria queimado junto com a casa. Lá na casa estava somente um caminhão grande.

Sobre as agressões, não sabe informar quem foi que agrediu o homem, mas quando chegou perto da casa ele já estava todo machucado, muitas pessoas envoltas e seus parentes tentando não deixar ele fugir do local.

Não foi possível colher o relato pessoal do suposto autor, mas informalmente enquanto aguardava para ser atendido pelos Bombeiros relatou à guarnição: “Que estava na casa cozinhando quando começou a pegar fogo e saiu para tirar o caminhão e de repente várias pessoas o agrediram”. Ele foi encaminhado ao hospital Santa Isabel pelos Bombeiros, sendo que uma guarnição acompanhou o mesmo até o hospital aonde iria passar por acompanhamento médico e exame de tomografia.

Até a finalização da ocorrência, o homem ainda estava no hospital. Foi informado de que receberia alta médica em questão de tempo, porém para continuidade foi finalizado este boletim na central de polícia civil para os procedimentos de praxe sem a presença do autor.

Fonte: Polícia Militar de Blumenau