Whatsapp
   jaimebnu@terra.com.br
  • Diversos

Câmpus Gaspar do IFSC e câmpus Posse do Instituto Federal Goiano promovem série de palestras on-line sobre inteligência artificial

De 19 a 23 de outubro, o Câmpus Gaspar do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) e o câmpus Posse do Instituto Federal Goiano organizam uma série de palestras sobre Inteligência Artificial (IA) na Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT).  Entre os convidados e palestrantes estão o CEO da Intelligent Security Systems, Aluísio Borges […]

Publicado em 19/10/2020 às 05:19


De 19 a 23 de outubro, o Câmpus Gaspar do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) e o câmpus Posse do Instituto Federal Goiano organizam uma série de palestras sobre Inteligência Artificial (IA) na Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT).  Entre os convidados e palestrantes estão o CEO da Intelligent Security Systems, Aluísio Borges de Figueiredo, que irá ministrar a palestra de abertura, o presidente do Polo Tecnológico de Informação e Comunicação da Região de Blumenau (Blusoft), Henrique Bilbao, e o engenheiro de software da Spotify Lucas Braz que falará sobre o mercado de TI na Europa. O evento é aberto ao público, mas é preciso fazer inscrição (https://www.even3.com.br/snctifscgaspar2020/) para receber certificado. A SNCT será transmitida pelo Facebook do Câmpus Gaspar (@ifsc.gaspar) e do câmpus Posse do IF Goiano (@ifgoianocampusposse). 

Há ainda uma série de palestras sobre a aplicação da inteligência artificial na área da saúde como a que irá debater como a IA pode ajudar no combate à pandemia de Covid-19 com o cientista de dados do Instituto de Saúde Coletiva (ISC-UFBA) Juracy Santos Júnior, sobre invenções robóticas para o Parkison, com o professor de Matemática do IF Goiano Greiton Azevedo, sobre como a IA pode auxiliar na inclusão de pessoas cegas na internet, com o professor do IF Goiano José Bastos Guimarães, e sobre Bioinformática e sequenciamento de genomas com o professor do Instituto Federal de Goiás Waldeyr da Silva.   

Na programação do evento, há ainda palestra sobre como a Força Aérea Brasileira utiliza a inteligência artificial, com o tenente-coronel e chefe da seção de buscas avançada de ameaças cibernéticas (CDciber) James de Castro Martins, e sobre processamento de linguagem natural para detecção de fraudes com o perito criminal da Polícia Federal Marcos Cavalcanti Lima.

A programação completa está disponível em even3.com.br/snctifscgaspar2020/

Parceria entre câmpus Gaspar  do IFSC e câmpus Posse do IF Goiano

A cidade de Gaspar, em Santa Catarina, e a de Posse, em Goiás, ficam a uma distância de quase dois mil quilômetros, mas elas estarão mais próximas de 19 a 23 de outubro. Isso porque o câmpus Gaspar do IFSC e o câmpus Posse do IF Goiano vão realizar em conjunto a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT). Juntos eles irão promover uma série de palestras, mesas-redondas e relatos de experiências que terão como tema “Inteligência artificial: a nova fronteira da ciência brasileira”. Por conta da pandemia, o evento será realizado de forma on-line nos canais oficiais do câmpus Gaspar do IFSC e do câmpus Posse do IF Goiano. A SNCT é aberta ao público, mas é preciso realizar inscrição através deste link.

A proposta de trabalhar em conjunto surgiu a partir de uma conversa do professor do Câmpus Gaspar Tamer Cavalcante e do professor do IF Goiano Paulo Rogério Silva Filho. “Nós fomos colegas de faculdade e estávamos conversando sobre a SNCT quando nos demos conta de que seria realizada nos mesmos dias e aí pensamos na possibilidade de trabalharmos juntos”, explica o professor Tamer.

Além da realização da semana durante o mesmo período, os câmpus têm em comum uma série de cursos na área de Informática e de Administração. “Será uma oportunidade de intercâmbio entre os câmpus.  Santa Catarina é um polo na área de tecnologia da informação e para nós vai ser importante entrar em contato com esse setor. Em Posse, a nossa realidade é diferente porque a informática está voltada para uma série de serviços e soluções para atender as demandas locais ligadas à agropecuária, como a utilização de drones em propriedades ou de softwares para o gerenciamento de cultivos”, afirma o professor Paulo Rogério Filho do IF Goiano.

Essa será  a primeira vez que o câmpus Posse irá realizar a SNCT em conjunto com outro instituto federal. “A cidade de Posse está localizada na região nordeste de Goiás, próximo da divisa com a Bahia e estamos distantes dos outros câmpus, o mais próximo fica a 220 km. A SNCT vai permitir um intercâmbio virtual para que possamos conhecer os projetos e trabalhos realizados em Gaspar e já estamos pensando em formas de ampliar essa parceria”, afirma o diretor do Câmpus Posse do IF Goiano Frederico do Carmo Leite.
 
Por conta da pandemia, a SNCT será realizada on-line e esse formato também auxiliou na organização do evento. “Trabalhar em rede neste momento de pandemia tem sido muito importante. Dessa forma, estamos conseguindo chegar a lugares que talvez nós não conseguíssemos atingir se a SNCT fosse realizada no formato tradicional com atividades presenciais. Teremos palestrantes, inclusive do exterior, que dificilmente conseguiriam se deslocar para vir aos nossos câmpus. Para nós, realizar a semana junto com o IF Goiano vai ser uma oportunidade para troca de experiências entre os servidores e os estudantes”, avalia a Chefe do Departamento de Ensino, Pesquisa e Extensão do Câmpus Gaspar do IFSC, Daniela Sbizera. 

Para a palestra de abertura do evento, que será realizada no dia 19, às 19h30, e transmitida pelo Facebook dos câmpus Gaspar (@ifsc.gaspar) e do câmpus Posse (@ifgoianocampusposse) foi convidado o CEO da Inteligent Security Systems, Aluíso Borges de Figueiredo. Estão previstos ainda a apresentação de trabalhos e mesas-redondas como a que irá debater o mercado de trabalho para mulheres para a área de TI que irá reunir o projeto “Elas Digitais” de Gaspar e o “Meninas do Cerrado” do IF Goiano.  

Na programação há ainda uma mostra científica em que serão apresentados mais de 40 trabalhos. “Esse ano a gente precisou se reinventar, pensando em um novo modelo de SNCT que pudesse contemplar as atividades remotas e a temática da inteligência artificial. A primeira questão que nós pensamos foi como a inteligência artificial permeia o conhecimento e tentamos desmistificar a ideia de que ela esteja apenas associada à área de informática, e por isso elaboramos uma programação que é muito plural porque propõe pensar a inteligência artificial no campo das línguas, da biotecnologia, da genética e das mais diversas áreas”, explica a diretora-geral do Câmpus Gaspar do IFSC, Ana Paula Kuczmynda da Silveira.