Whatsapp
   jaimebnu@terra.com.br
  • Diversos

BR 470 E SUA DUPLICAÇÃO. DNIT ENTREGA 14,5 KM DA BR 470 ENTRE GASPAR E ILHOTA.

Com restauração da pista antiga, DNIT entrega 14,5 km da BR-470/SC segmentos totalmente duplicados e restaurados. Outras importantes obras para a duplicação da rodovia estão em fase de conclusão. 19/02/20 – O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes concluiu nesta semana a restauração de 12,5 quilômetros de pista da BR-470 em Santa Catarina, entre o […]

Publicado em 19/02/2020 às 05:14


Foto arquivo #BlogdoJaime

Com restauração da pista antiga, DNIT entrega 14,5 km da BR-470/SC segmentos totalmente duplicados e restaurados.
Outras importantes obras para a duplicação da rodovia estão em fase de conclusão.

19/02/20 – O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes concluiu nesta semana a restauração de 12,5 quilômetros de pista da BR-470 em Santa Catarina, entre o km 22,0 e o km 34,5, e concluirá na próxima semana mais 2 quilômetros, entre os km 36,8/37,6 e km 43,6/44,8. Desta forma, nesse segmento estarão concluídos 14,5 quilômetros de pistas duplas nos dois sentidos da rodovia, pista nova e pista antiga restaurada, devidamente sinalizadas e liberadas ao tráfego. As obras fazem parte do Lote 2 das obras de duplicação da rodovia.
No segmento entre o km 0,00 e o km 73,18 as obras estão sendo realizadas em 4 lotes, envolvendo duplicação e restauração da pista existente, implantação de ruas laterais, recuperação, reforço e construção de obras de arte especiais.
Nos próximos 30 dias os técnicos da Superintendência Regional do DNIT em Santa Catarina também farão a entrega de outras importantes obras na rodovia BR-470, como a nova Ponte sobre o Rio Testo; Terraplenagem das vias laterais do Viaduto do Badenfurt; Pontes do Complexo da Mafisa no km 51,07, todas no Lote 3 de obras, e a conclusão da superestrutura do Viaduto no km 72,31, no Lote 4.

A rodovia BR-470/SC, no segmento entre o km 0,00 e o km 73,18, atravessa importantes núcleos urbanos, como Navegantes, Gaspar, Blumenau e Indaial, onde estão concentradas as indústrias de tecelagem, cristais, porcelanas e metal – mecânico, dando vazão a produção de toda a região e facilitando o escoamento para o mercado consumidor do país e do exterior.
Ainda, fora do segmento da duplicação, o DNIT concluiu mais 8 quilômetros de restauração entre os km 111 e km 119.

Fonte DNIT SC.

Foto arquivo #BlogdoJaime