Whatsapp
   jaimebnu@terra.com.br
  • Diversos
  • Esportes

Blumenau leva tradição germânica para o Revezamento da Tocha Olímpica. Biguaçu, Balneário Camboriú, Itajaí, Ilhota, Brusque e Gaspar estão na rota desta terça-feira.

Em Blumenau, o revezamento terá início na Praça Fonte Luminosa às 16h28 e a pira de celebração será acesa no Pavilhão da Vila Germânica às 19h, com a apresentação da banda Cavalinho.

Publicado em 12/07/2016 às 12:09


Blumenau leva tradição germânica para o Revezamento da Tocha Olímpica. Biguaçu, Balneário Camboriú, Itajaí, Ilhota, Brusque e Gaspar estão na rota desta terça-feira.

tocha

Nesta terça-feira (12), o Revezamento da Tocha Olímpica Rio 2016 segue para Blumenau, cidade com forte tradição germânica, localizada no Vale do Itajaí. Até a chegada a cidade, o comboio passa por outros seis municípios do estado. Biguaçu, Balneário Camboriú, Itajaí, Ilhota, Brusque e Gaspar também recebem a chama Olímpica, neste 71º dia de revezamento da tocha, que contará com 159 condutores, com mais de 200 quilômetros de deslocamento total do comboio.

·         A programação em Biguaçu terá inicio no Mercado Público Municipal, de onde o comboio segue até a Praça Nereu Ramos. O palco foi armado em frente à Igreja Matriz São João Evangelista.

·         Balneário Camboriú inicia o percurso no Teatro Municipal, que fica na Avenida Central, seguindo até a Avenida Brasil. De lá, o revezamento ruma sentido Avenida Atlântica, retornando pela praia até o Pontal Norte, encerrando a rota na Academia ao Ar Livre.

·         Itajaí tem a Praça Genésio Miranda Lins como ponto de partida, encerrando em frente à Igreja Matriz do Santíssimo Sacramento, onde haverá uma concentração com atividades culturais e esportivas. A cidade preparou apresentações artísticas, culturais e esportivas. Atletas, alunos das escolas públicas e particulares e artistas da cidade estarão nas ruas animando o público.

·         Em Ilhota, capital catarinense das Modas Íntima e Praia, o revezamento terá início em frente à Igreja Matriz São Pio X, onde acontece a cerimônia da cidade.

·         Brusque receberá a chama Olímpica pelos ares. Um helicóptero pousará no Estádio Augusto Bauer, de onde a tocha Olímpica parte para as ruas do centro a bordo de um caminhão do Corpo de Bombeiros, retornando ao ponto inicial, onde haverá um ato simbólico, com atrações musicais.

·         Em Gaspar o trajeto vai começar na Rua Itajaí e seguirá até a escadaria da Igreja Matriz, onde será realizada a cerimônia para celebrar a passagem do revezamento da tocha pela cidade.

·         Em Blumenau, o revezamento terá início na Praça Fonte Luminosa e a pira de celebração será acesa no Pavilhão da Vila Germânica, com a apresentação da banda Cavalinhos, em seguida.

 

Conheça alguns condutores do dia:

 

·         Ana Beatriz Moser é considerada uma das maiores atacantes da história do vôlei brasileiro. Serviu a Seleção Brasileira ganhadora da primeira medalha Olímpica para o voleibol feminino. Conduz a tocha em Blumenau.

 

·         Eduarda “Duda” Amorim é atleta Olímpica de handebol e atuará pela Seleção Brasileira nos Jogos Olímpicos Rio 2016. Natural de Blumenau, começou a jogar com 11 anos de idade e está desde 2006 na Seleção Brasileira, categoria adulta. Foi eleita a melhor jogadora de handebol do mundo de 2014 e foi medalha de ouro dos Jogos Pan-Americanos Rio 2007 e Guadalajara 2011. Será condutora em Blumenau.

 

·         Ana Amorim foi atleta Olímpica representando o Brasil nos Jogos Atenas 2004. Em 1999, foi campeã Sul-americana na categoria cadete e, em 2003 e 2004, vice-campeã da liga europeia de handebol. Hoje é uma grande incentivadora para as novas gerações de atletas, assim como fez com sua irmã, Duda Amorim. Conduz a tocha em Blumenau.

 

·         Gugu Liberato começou seu trabalho, aos 14 anos, como assistente de produção do programa Domingo no Parque, apresentado por Sílvio Santos. Abandonou o curso de Odontologia para aceitar a proposta de ficar diante das câmeras, feita também por Sílvio. Ao longo do tempo, se tornou um dos apresentadores de TV mais renomados do país, ficando à frente de programas como o Viva a Noite, Sábado Sertanejo e Domingo Legal. Possui mais de 40 anos de experiência em emissoras de TV, sendo mais de 30 atuando como apresentador. Será condutor em Balneário Camboriú.

 

·         César Prates tem 41 anos e há 19 mora em Balneário Camboriú. Começou no futebol profissional com 17 anos, no Internacional de Porto Alegre. Jogou na Seleção Brasileira e em grandes clubes nacionais como Vasco da Gama, Corinthians e Atlético Mineiro, e em clubes estrangeiros como o Real Madrid, Sporting Lisboa e Galatasaray. Atua como voluntário nas escolinhas de futebol para crianças e adolescentes da Fundação Municipal de Esportes de Balneário Camboriú , onde conduz a tocha Olímpica.

 

·         Marcio Santos tem 46 anos e mora em Balneário Camboriú há 20. Foi o zagueiro do tetracampeonato mundial da Seleção Brasileira de futebol, em 1994, na Copa do Mundo dos Estados Unidos. Começou sua carreira profissional aos 17 anos no Novorizontino, em São Paulo. No Brasil, atuou em clubes como Internacional, Botafogo, Atlético Mineiro, São Paulo e Santos, e em clubes internacionais como o Bordeaux, Fiorentina e Ajax. Será condutor em Balneário Camboriú.

 

·         Tiago Splitter é um dos jogadores brasileiros que fazem sucesso na liga de basquete dos Estados Unidos, a NBA. Entre suas conquistas está o prêmio de melhor jogador do mundo, em 2010. Será condutor em Blumenau.

 

·         João da Conceição pratica o caiaque pólo, esporte aquático muito difundido na Europa. Atleta profissional, concilia os treinos com o trabalho, e participa de campeonatos nacionais e internacionais, quando integra a Seleção Brasileira. Campeão pan-americano, conquistando a artilharia, participou de dois campeonatos mundiais e vários torneios internacionais. Foi convidado pela Coca-Cola para conduzir a tocha em Blumenau.

 

·         Shirlei Ramalho é carateca faixa preta, várias vezes medalhista dos Jogos Abertos de Santa Catarina. Professora de Educação Física e policial militar, implementou um projeto para incentivar os militares a deixarem uma vida sedentária, com um programa de atividades físicas que inclui natação, treinamento funcional e avaliação biométrica. Será condutora em Blumenau a convite da Coca-Cola.

 

·         Squel Stein é atleta de BMX Race há 15 anos. Nascida em Rio do Sul, Squel representou o país nos Jogos Olímpicos Londres 2012, também disputou campeonatos sul-americanos e pan-americanos e foi líder do ranking sul-americano por dois anos consecutivos. Indicada pela Nissan, conduz a tocha em Blumenau.

 

·         Clodoaldo Breda lutou por mais de 20 anos pela oficialização do casamento homoafetivo no Brasil. Professor de escolas públicas em Gaspar, integra o Conselho Municipal de Educação e o Conselho do Fundo de Desenvolvimento da Educação Básica Municipal. Será condutor em Blumenau a convite da Nissan.

 

·         Rita de Cássia Zucki foi professora durante 25 anos. Aposentada em 2007, ela começou a realizar trabalhos voluntários. Vestida de palhaço e usando sua habilidade como ventríloqua de bonecos e musicista, ela se apresenta em escolas particulares gratuitamente em troca de mantimentos. Após a arrecadação, ela doa o material recebido em escolas carentes, asilos e aldeias indígenas. Conduz a tocha em Balneário Camboriú convidada pelo Bradesco.

 

·         Jackson Ribeiro é professor de Educação Física da rede estadual em Blumenau, cidade que adotou, saindo de Salvador, na Bahia. Cursa a faculdade de Psicologia para seguir a carreira de psicólogo esportivo. O esporte e o voluntariado são suas paixões. Em 2007, com poucos recursos, se inscreveu para ser voluntário dos Jogos Pan-americanos e Parapan-americanos Rio 2007. Será condutor em Blumenau a convite do Bradesco.

 

·         Suélen de Oliveira, de 17 anos, é paratleta do atletismo. Detém, há quatro anos, o recorde brasileiro nas provas de 100, 200 e 400 metros na classe T37, e participou dos Jogos Parapan-americanos Toronto 2015. Aos 13 anos começou a treinar atletismo e, aos 14, foi convocada para a seleção brasileira de jovens e se credenciou para participar de diversas competições internacionais na França, Argentina, Porto Rico e Canadá. Conduz a tocha em Balneário Camboriú.

 

·         Dario dos Passos Filho é técnico de handebol feminino de Itajaí desde 1974. Em 1984, fundou a associação Amigos do Handebol de Itajaí, com o objetivo de angariar recursos para que a equipe de handebol feminino custeasse a participação nos campeonatos. Um acidente de trânsito, em 1991, o deixou paraplégico. Condecorado em Itajaí por seu trabalho, conduz a tocha Olímpica na cidade.

 

·         Flavio Reitz é o recordista brasileiro paralímpico do salto em altura e foi o representante do Brasil nos Jogos Paralímpicos Londres 2012, terminando sua participação em 5º lugar. Sua mais recente conquista foi o 2º lugar nos Jogos Parapan-americanos Toronto 2015, com a marca de 1,74 metro. Será condutor em Itajaí.

 

·         Missiara Papst deu seus primeiros passos no esporte quando criança, e foi aos 15 anos que o futsal ganhou força. Após passar pelas competições universitárias, se profissionalizou e, em 2012, foi convocada para Seleção Brasileira feminina de futsal consagrando-se campeã mundial daquele ano, feito repetido em 2013 e 2014. Foi eleita a melhor goleira da Liga Feminina de Futsal, em 2014. Será condutora em Ilhota.

 

·         Jonas Junckes, de 28 anos, é praticante da corrida de aventura e orientação. Ele levantou a bandeira do município de Gaspar em diversos estados do Brasil e em países como Escócia, Portugal, Croácia, Hungria, e Nova Zelândia. Em 2008, realizou a sua primeira prova expedicionária, com cinco dias de duração. O resultado da prova rendeu ao atleta o convite para fazer parte da melhor equipe do Sul do Brasil no campeonato mundial. Conduz a tocha em Gaspar, pedalando sua bicicleta.

Fonte: https://www.rio2016.com/imprensa