Whatsapp
   jaimebnu@terra.com.br
  • Diversos

Biblioteca Fritz Müller destaca o Dia Mundial do Livro

A Secretaria Municipal de Cultural e Relações Institucionais (SMC) e a Biblioteca Municipal Dr. Fritz Müller destacam uma importante data para a difusão da leitura, o dia 23 de abril, pois é dedicado mundialmente ao livro. “Além de homenagear as obras literárias e seus autores, a data especial busca conscientizar as pessoas sobre a alegria, […]

Publicado em 20/04/2020 às 02:17


divulgação

A Secretaria Municipal de Cultural e Relações Institucionais (SMC) e a Biblioteca Municipal Dr. Fritz Müller destacam uma importante data para a difusão da leitura, o dia 23 de abril, pois é dedicado mundialmente ao livro. “Além de homenagear as obras literárias e seus autores, a data especial busca conscientizar as pessoas sobre a alegria, a magia e o prazer da leitura”, lembra a gerente da biblioteca municipal, Araci Cristina França de Carvalho. “Portanto, no Dia Mundial do Livro também é celebrado o Dia dos Direitos de Autor”, completa.

A iniciativa da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) durante o XXVIII Congresso Geral em Paris, em 1995, criou a data do Dia Mundial do Livro e dos Direitos de Autor com o objetivo de incentivar as pessoas de várias idades e, em especial os jovens, a descobrirem a importância e o prazer que a leitura proporciona. Outro objetivo foi que as pessoas conhecessem o grande legado e importância da leitura na história da humanidade e a enorme contribuição dos autores de livros através dos séculos. “Como curiosidade mencionamos que uma tradição catalã ligada aos livros já existia no dia 23 de abril, e parece ter influenciado a escolha da Unesco”, completa Araci Cristina.

Na tradição catalã, no dia de São Jorge (23 de abril), é costume dar uma rosa para quem comprar um livro. Trocar flores por livros já se tornou tradição em outros países também. “Outra curiosidade é que esta data foi escolhida também por ser a data da morte de três grandes escritores da história: William Shakespeare, Miguel de Cervantes, e Inca Garcilaso de la Veja”, comenta. “Livros são os mais silenciosos e constantes amigos, os mais acessíveis e sábios conselheiros e os mais pacientes professores, escreveu Charlles W. Elliot.”

Fonte: Prefeitura de Blumenau