Whatsapp
   jaimebnu@terra.com.br
  • Diversos

Atendimentos na Central do IPTU de Blumenau iniciam dia 30 de janeiro. Serviço ocorrerá ao lado do Setor 3 do Parque Vila Germânica.

Os atendimentos na Central do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) vão iniciar a partir de 30 de janeiro de 2019. Assim como no ano passado, a central funcionará ao lado do Setor 3 do Parque Vila Germânica de segunda a sexta, das 8h às 12h e das 13h30 às 17h30. No espaço os moradores poderão solicitar o carnê de 2019, fazer a alteração de proprietário e de dados cadastrais. Os serviços no local continuam até 13 de março. Sobre o IPTU A distribuição dos carnês do IPTU iniciou na primeira quinzena de janeiro, devendo ser concluída até o fim do mês. O contribuinte que pagar o IPTU à vista ainda em fevereiro ganha 5% de desconto. Se a quitação completa for feira em março, o desconto passa para 3%. Os moradores podem parcelar o imposto em até 11 vezes, com parcela mínima de R$ 20.  A Secretaria de Gestão Financeira (Segefi) emitiu carnês para cerca de 148 mil contribuintes cadastrados. A estimativa é arrecadar cerca de R$ 90 milhões até o fim de 2019.  Foto divulgação.

Publicado em 17/01/2019 às 11:12


Atendimentos na Central do IPTU de Blumenau iniciam dia 30 de janeiro. Serviço ocorrerá ao lado do Setor 3 do Parque Vila Germânica.

Foto Divulgação.

Os atendimentos na Central do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) vão iniciar a partir de 30 de janeiro de 2019. Assim como no ano passado, a central funcionará ao lado do Setor 3 do Parque Vila Germânica de segunda a sexta, das 8h às 12h e das 13h30 às 17h30. No espaço os moradores poderão solicitar o carnê de 2019, fazer a alteração de proprietário e de dados cadastrais. Os serviços no local continuam até 13 de março.

Sobre o IPTU

A distribuição dos carnês do IPTU iniciou na primeira quinzena de janeiro, devendo ser concluída até o fim do mês. O contribuinte que pagar o IPTU à vista ainda em fevereiro ganha 5% de desconto. Se a quitação completa for feira em março, o desconto passa para 3%. Os moradores podem parcelar o imposto em até 11 vezes, com parcela mínima de R$ 20.

A Secretaria de Gestão Financeira (Segefi) emitiu carnês para cerca de 148 mil contribuintes cadastrados. A estimativa é arrecadar cerca de R$ 90 milhões até o fim de 2019.

 

Assessora de Comunicação: Julia S. Schaefer.