Whatsapp
   jaimebnu@terra.com.br
  • Diversos

ATAQUE DE ABELHAS NO BAIRRO ITOUPAVAZINHA EM BLUMENAU.

Data: 08/01/22Horário: 17:30Local: Rua Frederico JensenBairro: ItoupavazinhaCidade: Blumenau Bombeiros e Samu foram acionadas para atender três vítimas atacadas por abelhas. Ao chegarmos no local, foi possível avistar uma feminina de 50 anos em decúbito ventral no acostamento sendo atacada por abelhas. Tendo em vista que o ABTR (caminhão dos Bombeiros) estava deslocando do encerramento de […]

Publicado em 09/01/2022 às 10:00


Data: 08/01/22
Horário: 17:30
Local: Rua Frederico Jensen
Bairro: Itoupavazinha
Cidade: Blumenau

Bombeiros e Samu foram acionadas para atender três vítimas atacadas por abelhas. Ao chegarmos no local, foi possível avistar uma feminina de 50 anos em decúbito ventral no acostamento sendo atacada por abelhas. Tendo em vista que o ABTR (caminhão dos Bombeiros) estava deslocando do encerramento de uma ocorrência de princípio de incêndio, no primeiro momento apenas as ambulâncias e o Chefe do Socorro atenderam a ocorrência.
Mesmo sem a roupa de aproximação adequada (já que a de apicultor está disponível apenas no ABTR), apesar de todas as dificuldades, os bombeiros conseguiram acessar as vítimas com uso de extintor de CO2 e equipados de EPI de combate a incêndio, vindo a obter êxito na retirada da vítima do local. Durante esse atendimento, a própria guarnição também veio a ser atacada pelas abelhas. Fato que se repetiu no atendimento às outras duas vítimas. A primeira feminina foi conduzida ao Hospital Santo Antônio pelo ASU-457, sendo que as outras duas pessoas foram conduzidas pelo ASU-472, também ao HSA, com apoio do SAMU e todos deslocamentos regulados pela central de regulação do SAMU. Guarnição do Arcanjo, que deslocou por via terrestre, atendeu as guarnições no local da ocorrência, sendo oito bombeiros medicados e liberados no local (5 bombeiros militares e 3 bombeiros comunitários).

Vale ressaltar que, em razão do alto risco que a vítima inicial corria em razão do ataque das abelhas, os bombeiros decidiram por realizar o atendimento mesmo sem o EPI adequado, pensando em resgatá-la o mais rápido possível, mesmo colocando suas integridades físicas em risco. Infelizmente, eles vieram a ser atacados pelas abelhas, mas a ação rápida foi importante para a rápida retirada das vítimas da cena.

Vídeo Divulgação.