Whatsapp
   jaimebnu@terra.com.br
  • Diversos

A Casa de Apoio de Blumenau (SC) precisa de auxílio: veja como ajudar.

A Casa de Apoio de Blumenau (SC) conta com 71 pacientes do Vale do Itajaí em tratamento oncológico e síndromes raras. Os atendimentos são gratuitos tanto para as crianças, como para os pais que, em alguns casos, necessitam de apoio psicológico. Todo o recurso da entidade vem por meio de doações, ações e campanhas realizadas ao longo […]

Publicado em 16/04/2020 às 08:10


Casa de Apoio de Blumenau (SC) conta com 71 pacientes do Vale do Itajaí em tratamento oncológico e síndromes raras. Os atendimentos são gratuitos tanto para as crianças, como para os pais que, em alguns casos, necessitam de apoio psicológico. Todo o recurso da entidade vem por meio de doações, ações e campanhas realizadas ao longo do ano.

Uma das rendas da Casa é o bazar que ocorre mensalmente, além do pedágio, que é anual. Porém, com as medidas de restrição de enfrentamento ao coronavírus, a arrecadação através desses meios ficou inviável. A última edição do pedágio seria realizada no fim do mês de março, mas uma alternativa encontrada pela entidade para manter os fundos foi a realização de uma edição virtual da ação. “Ficamos muito emocionados com as ajudas que recebemos neste período. São essas atitudes que nos motivam e dão forças para continuar, no entanto tendo em vista a necessidade pela qual estamos passando, estendemos a campanha de arrecadação até o dia 30 de abril”, destaca a presidente da entidade, Adriana Kreibich da Costa.

Segundo ela, para manter as despesas básicas da Casa como água, luz, folha de pagamento e o tratamento dos pequenos é preciso de uma rede de solidariedade. Quem puder e quiser colaborar com a entidade basta realizar doações direto na sede da entidade ou pelas contas da Viacredi – banco 085 agência 0101- 5/ conta corrente 873.9846 ou do Banco do Brasil: agência 2307-8 / conta corrente 1.259 510.1. CNPJ: 06789418000106. “Precisamos muito de ajuda neste momento delicado para manter a atenção voltada às nossas crianças. Torcemos para que essa fase passe logo e tenhamos o menor prejuízo financeiro, social e psicológico possível”, complementa.

A Casa de Apoio é a única instituição do município a auxiliar no tratamento oncológico infantil. Serviços de fonoaudiologia, assistência social, fisioterapia e psicologia são oferecidos no local. É uma entidade privada mantida através da gestão de empresários voluntários e auxílio da comunidade.

Foto: Divulgação.