Whatsapp
   jaimebnu@terra.com.br
  • Diversos
  • Saúde

Programa Blumenau + Leve é lançado com foco na promoção da saúde.

O objetivo é estabelecer uma política pública pautada na promoção da saúde e do bem-estar. O programa objetiva a integração e a articulação de ações já desenvolvidas pelas secretarias, autarquias e fundações municipais. A partir da união de esforços, a ideia é estabelecer uma política pública intersetorial pautada na promoção da saúde e do bem-estar para todos os cidadãos blumenauenses. Como resultado, espera-se a prevenção de doenças e a adoção de um estilo de vida mais sustentável. Na ocasião, houve a assinatura do decreto que institui a Rede Municipal Intersetorial e Transdisciplinar, que tem como proposta aproximar e envolver os diversos órgãos da Prefeitura nas discussões relativas às ações e políticas pertinentes ao programa. O prefeito Napoleão Bernardes destacou a necessidade de incorporar novas estratégias para garantir mais qualidade de vida e longevidade à população. “A questão da saúde é um conceito muito amplo, que perpassa necessariamente pelo lazer, bem-estar, prática esportiva e alimentação saudável. Queremos trazer um novo olhar sobre a área da saúde, que vai além das questões reativas às doenças que acometem as pessoas. Por meio do programa, pretendemos atuar de modo integrado na prevenção e na antecipação desses problemas, como forma de alavancar cada vez mais o desenvolvimento humano”. Para a secretária de Promoção da Saúde, Maria Regina Soar, a intersetorialidade é o grande diferencial do programa. “O nosso objetivo é produzir efeitos mais significativos na saúde da população. Por isso, estamos unindo esforços e integrando as ações que já são realizadas pelos órgãos municipais, mas de forma fragmentada. Com isso, esperamos dar mais efetividade a essas iniciativas e, consequentemente, obter melhores resultados”. Foto: Eraldo Schnaider

Publicado em 28/09/2017 às 04:52


Programa Blumenau + Leve é lançado com foco na promoção da saúde.
O objetivo é estabelecer uma política pública pautada na promoção da saúde e do bem-estar.

Foto: Eraldo Schnaider

Dando prosseguimento às atividades alusivas ao aniversário de 167 anos da cidade, a Prefeitura de Blumenau lançou, nesta quarta-feira, dia 27, o Programa Blumenau + Leve: Saúde, Bem-Estar e Sustentabilidade. A cerimônia contou com as presenças do prefeito Napoleão Bernardes, do vice-prefeito Mário Hildebrandt e dos secretários de Promoção da Saúde, Maria Regina Soar; de Educação, Patrícia Lueders; e de Desenvolvimento Econômico, Inovação e Empreendedorismo, Moris Kohl, além de representantes de outras pastas.

O programa objetiva a integração e a articulação de ações já desenvolvidas pelas secretarias, autarquias e fundações municipais. A partir da união de esforços, a ideia é estabelecer uma política pública intersetorial pautada na promoção da saúde e do bem-estar para todos os cidadãos blumenauenses. Como resultado, espera-se a prevenção de doenças e a adoção de um estilo de vida mais sustentável.

Na ocasião, houve a assinatura do decreto que institui a Rede Municipal Intersetorial e Transdisciplinar, que tem como proposta aproximar e envolver os diversos órgãos da Prefeitura nas discussões relativas às ações e políticas pertinentes ao programa.

O prefeito Napoleão Bernardes destacou a necessidade de incorporar novas estratégias para garantir mais qualidade de vida e longevidade à população. “A questão da saúde é um conceito muito amplo, que perpassa necessariamente pelo lazer, bem-estar, prática esportiva e alimentação saudável. Queremos trazer um novo olhar sobre a área da saúde, que vai além das questões reativas às doenças que acometem as pessoas. Por meio do programa, pretendemos atuar de modo integrado na prevenção e na antecipação desses problemas, como forma de alavancar cada vez mais o desenvolvimento humano”.

Para a secretária de Promoção da Saúde, Maria Regina Soar, a intersetorialidade é o grande diferencial do programa. “O nosso objetivo é produzir efeitos mais significativos na saúde da população. Por isso, estamos unindo esforços e integrando as ações que já são realizadas pelos órgãos municipais, mas de forma fragmentada. Com isso, esperamos dar mais efetividade a essas iniciativas e, consequentemente, obter melhores resultados”.

Dados deste ano do Ministério da Saúde revelam que 50,8% da população está com excesso de peso, com maior incidência em homens (54,7%) do que em mulheres (47,4%). A obesidade atinge, atualmente, 17,5% dos brasileiros. Em Blumenau, uma avaliação antropométrica recente, realizada com 17 mil crianças matriculadas na rede municipal de ensino, apontou que 31% deles estão acima do peso, dos quais 15% em situação de obesidade. Dentro deste contexto, a Prefeitura decidiu intensificar as ações e estratégias de promoção da saúde.

Década da Nutrição
Em abril de 2016, a Organização das Nações Unidas (ONU) proclamou o período entre 2016/2025 como a Década de Ação em Nutrição, estabelecendo uma linha global de metas a serem alcançadas em todo o mundo. O Brasil foi o primeiro país a se comprometer com o pacto, assumindo objetivos relacionados à obesidade e aos hábitos alimentares.

As três principais metas são: deter o crescimento da obesidade em adultos por meio de políticas de saúde e segurança alimentar e nutricional; reduzir o consumo de refrigerantes e sucos artificiais em, pelo menos, 30%; e ampliar o consumo de frutas e hortaliças em, no mínimo, 17,8%.

 

Assessor de comunicação: Felipe Elias